Topo

Gloria Groove lembra 1ª vez como drag queen: "Algo mudou na minha cabeça"

Gloria Groove durante participação no Encontro com Fátima Bernardes - Reprodução/TV Globo
Gloria Groove durante participação no Encontro com Fátima Bernardes Imagem: Reprodução/TV Globo

Do UOL

11/11/2019 16h37

A cantora Gloria Groove participou do Encontro com Fátima Bernardes de hoje e lembrou o início da carreira, que segundo ela deslanchou quando "passou a ser Gloria".

"Depois que entrou essa outra persona, que o pronome 'a' apareceu, as possibilidades foram infinitas. Alguma coisa mudou na minha cabeça de verdade, passei a ser a Gloria", disse, durante o programa.

Groove começou a carreira musical ainda na infância, aos 7 anos, como parte do Balão Mágico, mas conta que a arte drag queen só apareceu em sua vida dez anos depois, na adolescência, quando se dedicava ao teatro.

"Enveredei por esse caminho que, por acaso, foi o que me libertou artisticamente", afirmou.

A mãe da cantora foi sua maior influência no mundo da música: "Ela é backing vocal do Raça Negra, então vivi vendo minha mãe se arrumando para ir trabalhar, passando pelo brilho e pelo perrengue de ser cantora".

Diversidade