Topo

Alto Astral


Escorpião só pensa em sexo? Veja os mitos que precisam ser desfeitos

Ele dorme e acorda pensando em transar? - false
Ele dorme e acorda pensando em transar?

Claudia Dias

Colaboração para Universa

21/10/2019 04h00

"O relacionamento só vai dar certo se o mapa astral dos dois harmonizarem". "Áries só quer sexo casual". "Virgem é ruim de cama". "Capricórnio nunca se apaixona". É muito provável que você já tenha ouvido alguma dessas frases. E quer saber? É tudo balela!

Tais conceitos (ou seriam preconceitos?) não passam de especulação, como mostra o astrólogo Victor Augusto de Souza. A seguir, ele refuta dez mitos que as pessoas têm sobre amor, sexo e astrologia.

Mito 1: Match de signos é suficiente

Quem acha que bastam dois signos de nascimento — aquele que todo mundo conhece — combinarem para o relacionamento dar certo já começa errando. "As pessoas dão muita importância para o signo solar, que corresponde à posição em que o sol estava na hora em que elas nasceram. Mas isso é um erro. Só o signo de nascimento não é fator determinante para o sucesso de uma relação", frisa.

Mito 2: mapas harmônicos significam sucesso

Outra noção errada: a sinastria (a astrologia para relacionamento) analisa o mapa astral de duas pessoas, considerando todas as energias planetárias e aspectos, entre outros fatores, do momento de nascimento. A partir daí é feita uma avaliação do quão harmônicos são entre eles. Só que, mesmo quando o match rola, isso não significa que a relação vá dar certo.

É preciso também examinar o momento em que pretenso casal se encontra, examinando se os dois estão convergindo na mesma energia. "Às vezes, temos mapas extremamente harmônicos, mas o momento de vida de um está falando sobre liberdade, autonomia, enquanto o mapa do outro fala sobre retraimento, timidez, dificuldades. Então, mesmo que haja harmonia, os mapas estão em vibrações diferentes", exemplifica o astrólogo.

Mito 3: Escorpião só pensa em sexo

Mais uma lenda urbana é que Escorpião só pensa em sexo. A verdade é que não se pode generalizar um signo, porque é necessário olhar a carta natal inteira de uma pessoa para identificar seu comportamento.

"O signo que todo mundo conhece é só onde o sol estava quando a pessoa nasceu, mas há outros fatores e posicionamentos. Então pode ser que alguém tenha só o sol em Escorpião e o resto do mapa em Virgem. Com isso, vai ter comportamentos que se encaixam mais em padrões virginianos do que em Escorpião", mostra o astrólogo.

A saber, se a pessoa é de Escorpião ou tem muitos planetas em Escorpião em seu mapa astral, tem uma libido maior, sim, mas por motivo que pouca gente desconfia. É que o nascido neste signo quer ter e viver tudo com profundidade e entrega à sexualidade, porque é a forma que encontra para uma relação profunda com a pessoa com quem está se envolvendo.

Mito 4: Câncer só quer casar

É a mesma história de sempre: não é possível agregar "verdade" a qualquer canceriano, sem analisar todo o mapa astral. "Tem que avaliar tudo, ver se existe uma grande preponderância de Câncer em todas as energias. Câncer é um signo que busca relações mais sólidas, harmônicas, mas, acima de tudo, relações em que pode ser protegido ou que vai proteger algo ou alguém", diz Victor. Falar que só pensa em casamento é e raso.

Mito 5: signo solar é o que importa

Uma das primeiras informações levantadas sobre todo crush novo é signo e, a partir daí, surgem muitas especulações sobre o que pode rolar no relacionamento e no sexo. Se a intenção é saber como a conexão pode se desenrolar nestas áreas, melhor seria descobrir a posição da Lua, de Vênus e de Marte no mapa astral.

"O posicionamento astrológico deles é que mostra como cada um gosta de ser tratado, como se relaciona, a forma como recebe até o próprio amor... Saber esses posicionamentos é mais importante do que ficar tentando avaliar a pessoa pelo signo solar dela", observa o especialista.

Mito 6: perfis parecidos nunca dão certo

Outra crença infundada é que pessoas do mesmo signo não dão certo em uma relação, pois são muito parecidas e não se encaixam. Além na necessidade de se analisar os mapas astrais de cada como um todo, a verdade é que certos ficam até melhores quando juntos.

É o caso dos signos de Terra — Touro, Capricórnio e Virgem — e de Água — Câncer, Escorpião e Peixes: entre eles, é mais fácil e fluído se relacionarem com pessoas do mesmo signo. "Esses elementos gostam de criar profundidade e terem segurança. Quando envolvidos com pessoas com comportamentos parecidos, vão se sentir mais seguros e acolhidos", aponta Victor.

Já quem é de Ar — Gêmeos, Libra e Aquário — e de Fogo — Áries, Leão e Sagitário —, muitas vezes, ao se relacionarem com pessoas do mesmo signo, podem sofrer com algum tipo de divergência. "Eles são mais dinâmicos e vão precisar de espaço na relação. E quando duas pessoas têm esse tipo de necessidade, isso acaba afetando o relacionamento", diz.

Mito 7: Áries só quer sexo casual

Quem nunca julgou um ariano, fugindo de um envolvimento antes mesmo de começar por achar que seria só uma noite e nada mais? De acordo com o astrólogo, o cenário não é bem esse. Áries realmente tem uma sexualidade mais "agitada", o que combina com seu perfil. Mas quando o nativo gosta de alguém, ele quer repeteco - muitos, se possível. "A tendência é buscar mais de uma vez a mesma pessoa, quando gosta dela. Não é só sexo casual, não. Se eles gostam, vai repetir o parceiro", afirma.

Mito 8: signos opostos não têm chances

Quando se ouve falar em signos opostos, logo vem uma ideia negativa, de gente que não combina ou nunca vai se dar bem, certo? Pois também está errado. Áries e Libra, Touro e Escorpião, Gêmeos e Sagitário, Câncer e Capricórnio, Leão e Aquário, Virgem e Peixes encontram-se em oposição na roda que forma o mapa astral. Vibram em polaridades diferentes e o que um tem como excesso de habilidade, o outro não tem.

Essa diferença tende a ser muito importante para o equilíbrio no relacionamento — amoroso, sexual ou mesmo no dia a dia. Além disso, um pode ensinar o comportamento em que se destaca para o outro - é o caso de Áries, alguém mais prático e até mais individualista, que se envolve com Libra, uma pessoa que pensa muito nos outros. Essa diferença equilibra uma relação e traz ensinamentos para a vida dos dois.

Mito 9: Capricórnio nunca se envolve

Tem muita gente que, quando ouve o crush falar que é de Capricórnio, sai correndo, porque considera perda de tempo, já que o date nunca vai se transformar em relação. Não é bem isso, segundo Victor.

"Antes de se envolver, o capricorniano precisa fazer os testes dele e ter segurança. Quando ele se envolve, é algo extremamente profundo. Ele se sente até vulnerável perto da pessoa, pois se entrega muito. Então, primeiro, vai adotar esse sistema de check-list para criar a segurança que precisa", esclarece.

Mito 10: Virgem é frio na cama

Todo nascido em Virgem sofre com a fama de ser ruim entre quatro paredes. A real é que ele gosta bastante de sexo, mas tem um apreço especial pelas preliminares. "Ele adora as carícias e toda a parte de sedução. Além de prazer, isso faz com que ele sinta confiança no momento sexual", argumenta Victor.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{user.alternativeText}}
Avaliar:

O UOL está testando novas regras para os comentários. O objetivo é estimular um debate saudável e de alto nível, estritamente relacionado ao conteúdo da página. Só serão aprovadas as mensagens que atenderem a este objetivo. Ao comentar você concorda com os termos de uso. O autor da mensagem, e não o UOL, é o responsável pelo comentário. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Alto Astral