Topo

Alto Astral


Casa 7 revela possíveis perrengues de cada signo no amor, diz astrólogo

Virginianos precisam aprender que amor é uma vibração que flui e não pode ser planejada - praetorianphoto/iStock
Virginianos precisam aprender que amor é uma vibração que flui e não pode ser planejada Imagem: praetorianphoto/iStock

Camila Eiroa

Colaboração para Universa

13/10/2019 04h00

Você já viu um mapa astral? Ele é um grande círculo dividido em 12 partes iguais, que representam os signos, e tem uma divisão que se sobrepõe a eles, as casas. As duas partes dizem muito sobre nós: enquanto os planetas e os signos falam sobre como somos, as casas astrológicas mostram todas as áreas da nossa vida. É a interação do indivíduo com o mundo em que ele vive, explica o astrólogo Carlos Falcão.

Cada casa pode se ligar a diversos assuntos, porém, há sempre um principal, que direciona o local de atuação dos signos que nela residem. A casa 7 é a responsável por traduzir como nos relacionamos, trazendo à tona inclusive nossas maiores dificuldades amorosas.

Dificuldades amorosas vistas na casa 7

Nela, vemos que tipos de pessoas nos atraem e que tipos de experiência podemos ter em relações pessoais e conjugais.

"Ela é fundamentalmente a casa do outro e das parcerias. Mostra como são as nossas relações interpessoais e também as amorosas. Podemos saber, através dela, quais as energias mais desafiadoras que, de forma inconsciente, esperamos do outro. O signo e planetas ali colocados nos dão essa visão nítida e precisa", comenta Carlos.

"O posicionamento e contexto do planeta que rege o signo onde a casa 7 se inicia também tempera como essa experiência se dará".

Mas a casa 7 "diz tudo"?

Mapa astral diz muito sobre perfil de cada um: identifique sua casa 7! -
Mapa astral diz muito sobre perfil de cada um: identifique sua casa 7!

Segundo Carlos, não podemos limitar a leitura de relacionamentos a apenas uma casa.

Há diversos elementos que podem influenciar a nossa atuação amorosa, como as experiências de infância (que se encontram na casa 4), a nossa sexualidade e preferência íntima (que estão na casa 8) e também nossas ideologias ou escolhas religiosas (casa 9).

Como descobrir minha casa 7?

Lembrando que o signo que se encontra na casa 7 é o signo oposto ao seu ascendente. Isso nunca se altera.

Ou seja, para entender os comportamentos que listamos abaixo, é só pensar assim: se você tem ascendente em Libra, sua casa 7 será em Áries; se tem ascendente em Escorpião, a casa 7 será em Touro e assim por diante.

Áries (ascendente em Libra)

As relações podem ser inquietas. A mega disposição inicial pode se perder com o tempo se não houver estímulo necessário para manter o fogo do amor aceso. Áries é fogo em gasolina. Superinflamável, mas apaga logo. Para manter algo estável, é preciso vencer o desgaste do ímpeto inicial.

Touro (ascendente em Escorpião)

Touro tende a buscar relações estáveis e sólidas. Gosta de sentir a conexão, mas pode haver um traço de ciúme e/ou possessividade muito forte caso a insegurança pessoal seja elevada.

Obsessão, incluindo sexual, pode fazer parte da relação, que precisa ser transformada constantemente por todos os envolvidos.

Gêmeos (ascendente em Sagitário)

A dificuldade é manter-se em uma mesma relação por longos períodos. Gêmeos é ar, mutável, gosta de novas experiências o tempo todo. Se a relação não apresentar um amplo espaço para o diálogo e interesses novos, Gêmeos tende a ter dificuldades para manter o interesse.

Também pode projetar uma figura divina no outro, tornando-o alguém para adorar e não para compartilhar a vida amorosa.

Câncer (ascendente em Capricórnio)

Para Câncer, a relação pode se estabelecer em cima de padrões de relações familiares. Um dos dois pode se colocar como o "provedor" e o outro pode se colocar como "infantil", buscando mais um colo maternal do que uma relação amorosa. O ascendente em Capricórnio pode ter dificuldades em lidar com o lado imaturo de Câncer.

Leão (ascendente em Aquário)

Seja Leão na Casa 1 e Aquário na 7, ou vice-versa, o ego será o grande desafio. É daqueles que espera do par absolutamente tudo. As frustrações amorosas serão percebidas sempre como culpa do outro, "que não fez algo para ou por mim". É enorme a dificuldade de compartilhar espaço, poder, decisões e rumos amorosos.

Virgem (ascendente em Peixes)

O desafio é não criar fluxogramas rígidos ou o planejamento exato de cada dia a ser vivido amorosamente. Amor é uma vibração que flui e não pode ser planejada. O desafio para Virgem é evitar qualquer tipo de enrijecimento de ideias e padrões. Há infinitas formas de fazer algo dar certo, não apenas o que virgem pensa ser perfeito.

Libra (ascendente em Áries)

O maior desafio para quem tem Libra na casa 7 é a falta de assertividade. Além da dificuldade de se colocar e se posicionar frente a situações pessoais. É mais fácil defender os outros do que a si mesmo. Em geral, são pessoas que se atraem por quem toma a iniciativa por elas.

Escorpião (ascendente em Touro)

Novamente o ciúme aparece, mas aqui a experiência de perda é mais presente. As relações são catalisadoras de transformações pessoais profundas para Escorpião. É alguém que sempre está se curando de algo quando se relaciona. No entanto, excessos sexuais podem ser um fator desafiador.

Sagitário (ascendente em Gêmeos)

Se o relacionamento não trouxer uma ampliação da liberdade, quem é de Sagitário poderá encontrar dificuldades para ter relações longevas. Não tem uma vibração adepta de formalidades ou compromisso. Portanto, o aprofundamento só chega com uma parceria profunda, bem como com a troca de experiências de vida e gostos em comum.

Capricórnio (ascendente em Câncer)

A dificuldade é a forma geralmente chorosa e manipuladora de Câncer, que não encontra em Capricórnio o melhor acolhedor. Afinal, é um signo que sugere amadurecimento e evolução, enquanto Câncer prefere esperar que alguém o pegue no colo e se coloque num papel maternal. É preciso tomar cuidado com chantagens emocionais.

Aquário (ascendente em Leão)

É o eixo mais egóico. Portanto, o desafio é não usar o outro para se sobressair ou para ter seus desejos individuais satisfeitos a todo instante. Intolerante ao não e com grande dificuldade de perceber que o mundo não gira em torno de si, o desafio para quem tem Aquário na Casa 7 é ser generoso sem esperar nada em troca.

Peixes (ascendente em Virgem)

Ilusão. Aquilo que se percebe não é exatamente a realidade. O lado sonhador manipula internamente as informações para que o outro se pareça um verdadeiro príncipe encantado. Enfrentar desilusões no âmbito das relações amorosas talvez seja o maior desafio para Peixes.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{user.alternativeText}}
Avaliar:

O UOL está testando novas regras para os comentários. O objetivo é estimular um debate saudável e de alto nível, estritamente relacionado ao conteúdo da página. Só serão aprovadas as mensagens que atenderem a este objetivo. Ao comentar você concorda com os termos de uso. O autor da mensagem, e não o UOL, é o responsável pelo comentário. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Alto Astral