Topo

Relacionamentos

Como Bifão e Tati na Fazenda: vale a pena acabar com a amizade por ciúmes?

As duas não se falam mais depois de brigarem por Caio Castro - Reprodução / TV Record
As duas não se falam mais depois de brigarem por Caio Castro Imagem: Reprodução / TV Record

Ana Bardella

Universa

10/10/2019 04h00

A décima primeira edição de A Fazenda teve várias polêmicas e até expulsão. Mas um dos maiores desentendimentos tem acontecido entre as participantes Bifão e Tati Dias. Ambas ficaram conhecidas por suas passagens no programa o De Férias Com o Ex, da MTV Brasil. Lá, se tornaram amigas. Mas pouco tempo depois de saírem, cortaram as relações. Ao longo do confinamento, o motivo de amizade ter se rompido se tornou público: o ator Caio Castro.

Logo nos primeiros dias, Tati comentou sobre o afastamento entre as duas, ainda sem citar o nome do ator. Ela o conheceu em uma festa e avisou a amiga. "Mandamos um vídeo zoando do celular dele. Achei que ela estava levando na brincadeira", disse a chefe de cozinha. Só que quando soube do envolvimento, Bifão, que também já tinha ficado com moço, parou de seguir a colega de reality no Instagram. "Ela acha que foi traição", explicou Tati para Hariany e Drika.

Depois que os ânimos se exaltaram e o nome do global veio à tona, Caio se limitou a dar unfollow nas duas, enquanto se aproximava de Grazi Massafera. Mas os estranhamentos não pararam por aí: elas vêm se irritando por outro participante, Guilherme Leão — por quem Bifão se interessou, mas que acabou ficando com Tati.

Tudo isso nos faz pensar: vale a pena acabar com uma amizade por causa de ciúmes?

Traição: um conceito variável

De acordo com Denise Figueiredo, psicóloga e sócia-diretora do Instituto do Casal, o que é considerado traição por uma pessoa pode não ser ofensivo para a outra. "Isso varia de acordo com a construção de valores: cada um tem uma história de vida e ideais que são aprendidos com a família ou construídos ao longo da trajetória. Por causa dessas diferenças, qualquer relação está sujeita a discordâncias e rompimentos", explica. Sendo assim, em situações como a das participantes, é impossível julgar se existe um lado certo e outro errado -- porque tudo depende do ponto de vista.

Quanto mais próximo, mais delicado

No caso de A Fazenda, nenhuma delas chegou a ter um relacionamento sério com os rapazes. Mas e quando a dúvida envolve um namoro: tudo bem ficar com o ex? Na opinião da psicóloga, quanto mais séria e duradoura a relação, maior o peso para a outra pessoa. "Principalmente quando o(a) amigo(a) compartilhou do tempo da história junto e sabe do significado que a pessoa teve na vida do outro", ressalta. Apesar disso, nem todos ficarão chateados. "Há quem não se importe em ver uma amiga se relacionando com um ex-marido, por exemplo. Mas o melhor é conversar antes de tomar uma atitude", aconselha.

Coloque-se no lugar do outro

A dica da psicóloga para evitar a mágoa é dialogar. "O combinado não sai caro. Conversar antes para entender a questão costuma ser o melhor caminho. O principal é não partir do princípio de que todos pensam como você", recomenda. Afinal, e as divergências precisam ser acolhidas para que a relação continue existindo. "A sinceridade é importante. Vale a pena abrir o jogo, explicar o que está acontecendo. Questionar: 'Isso vai interferir na nossa amizade? Como é para você?' e ponderar", completa. A partir das respostas do outro, é possível refletir sobre a melhor decisão, levando em conta os riscos e os benefícios que o novo envolvimento pode desencadear.

Relacionamentos