Topo

Homem que estuprou Demi Moore aos 15 anos era dono de bar nos EUA, diz site

Demi Moore - Navesh Chitrakar/Reuters
Demi Moore Imagem: Navesh Chitrakar/Reuters

De Universa

07/10/2019 10h31

Depois que a atriz Demi Moore revelou em sua biografia Inside Out que foi estuprada aos 15 anos por um amigo da família e que sua mãe teria negociado a agressão por 400 libras (cerca de 2 mil reais), o The Sun revelou detalhes sobre a identidade de quem teria cometido o crime.

De acordo com o jornal britânico, o homem que Demi identificou no livro como Val é, na verdade, Basil Doumas, proprietário do La Cage Aux Folles, bar que era frequentado por celebridades como Elton John, Sylvester Stallone e Michelle Pfeiffer.

No livro, a atriz hoje com 56 anos conta que Val e sua família se tornaram amigos em 1970. Ele teria aparecido algumas vezes na porta da escola da jovem, até que um dia entrou em sua casa e a estuprou.

Demi relata, ainda, que soube do provável envolvimento de sua mãe dias depois, pelo próprio agressor. "Como se sente ao ser vendida pela sua mãe por 500 dólares?", teria perguntado Val. Na biografia, ela conta que, embora não tenha como confirmar o envolvimento de sua mãe, Virginia, morta em 1998, ela acredita que seria "totalmente possível".

Segundo o The Sun, Basil Doumas morreu em 1997, aos 68 anos. Sua família não quis comentar o caso.

Errata: o texto foi atualizado
Diferentemente do informado no 5° parágrafo, Basil Doumas morreu em 1997 e não 1977. A informação foi corrigida.

Violência contra a mulher