Topo

Gigante de beleza se junta à ONU para incentivar mulheres empreendedoras

Mulher trabalho  - iStock
Mulher trabalho Imagem: iStock

De Universa

23/09/2019 15h38

A gigante de cosméticos Mary Kay firmou uma parceria com a ONU Mulheres para lançar a Women's Entrepreneurship Accelerator, iniciativa para incentivar o trabalho de mulheres empreendedoras em todo o mundo.

A ideia é reduzir os obstáculos enfrentados por elas no mundo dos negócios. Para isso, o projeto oferecerá formação digital para mulheres que tocam suas próprias empresas, com currículo disponível em seis línguas (entre elas português), além de treinamento presencial e mentoria.

Nas aulas, elas terão educação digital e aprenderão sobre assuntos como gestão de negócios e legislação.

Segundo dados divulgados pela Mary Kay, o avanço na igualdade feminina poderia alavancar cerca de 12 trilhões de dólares ao PIB global até 2025. Por isso, a empresa pretende, além de formar mulheres empreendedoras, financiar o negócio daquelas que completarem o currículo.

"Uma mulher informada com dinheiro no bolso é uma mulher empoderada. Com o crescente número de mulheres inovadoras ativas hoje, o empreendedorismo e o empoderamento das mulheres estão em ascensão", diz Phumzile Mlambo-Ngcuka, Diretora Executiva da ONU Mulheres.

Durante a Assembleia Geral das Nações Unidas, que acontece nesta semana em Nova York, a Mary Kay e a ONU Mulheres organizam a WE Empower UN SDG Challenge, primeira competição global de negócios para mulheres empresárias, criada pela estilista Diane von Furstenberg.

Direitos da mulher