Topo

Autoestima


Influencer aos 78: "Sou xavecada por novinhos na internet todos os dias"

Vovó Izaura tem 32 mil seguidores no Instagram, criado há apenas um ano - Arquivo Pessoal
Vovó Izaura tem 32 mil seguidores no Instagram, criado há apenas um ano Imagem: Arquivo Pessoal

Talyta Vespa

De Universa

18/09/2019 04h00

Izaura Demari pede alguns minutos para abaixar o fogo ao atender à ligação de Universa. O filho caçula, Marcio, de 50 anos, explica que a mãe está "à tarde toda no fogão cozinhando mandioca", mas se preocupa em esclarecer que a quantidade de carboidratos que os dois ingerem por dia é bem pequena.

Pela manhã, após duas xícaras de chá, Izaura e o filho caminham por, no mínimo, duas horas em um parque em Florianópolis, Santa Catarina, para onde se mudaram há menos de um ano. A família é do Paraná, mas Izaura queria ficar mais perto de seu destino preferido: Gramado, no Rio Grande do Sul. A mãe de Marcio tem 78 anos, é influenciadora digital e viralizou no Facebook ao chamar a atenção das amigas "caxias" ao usar decotes e posar de lingerie.

"Elas falavam 'ai, não sei como você tem coragem de sair nas fotos de calcinha e sutiã. Eu não conseguiria'. Aí decidi, então, tirar a lingerie. Foi uma resposta de brincadeira a essas críticas", conta a paranaense. A ideia partiu do filho. Ele sai para lá e para cá garimpando roupas, chapéus e acessórios ao lado da mãe.

Pelo menos quatro vezes ao ano, Marcio e Izaura viajam a Gramado. "Amo viajar. Meu sonho é conhecer a terra da minha família, Treviso, na Itália. Está nos planos. Quero passar o resto da vida fazendo isso". Nas ruas da ilha, ela não consegue dar muitos passos sem ser parada para fotos. Se é um problema? "Nunca. Eu amo tirar fotos com as pessoas. Ontem fui ao shopping e várias vendedoras vieram falar comigo. É demais".

Só que a vida, para Izaura, nem sempre foi tão divertida assim. Aos 62 anos, ela encarou a viuvez: perdeu o marido, com quem foi casada por 42 anos. Pouco depois, foi diagnosticada com melanoma, um tipo de câncer de pele que fez com que ela fosse submetida a uma série de cirurgias. Hoje, não sai de casa sem chapéu --eles se tornaram sua marca registrada-- e, geralmente, prefere blusas de mangas longas. "Acho chique".

A paranaense relembra a infância com os pais, italianos, debaixo de sol. A família veio para Londrina, no Paraná, na época em que a cidade era parte da rota da produção de café no Brasil. E Izaura vivia nas lavouras, trabalhava na terra, buscava água no poço e mexia o café. Tudo sem proteção. "A pele não aguentou, não tem jeito. Agora ela se cuida", diz Marcio.

A rotina de cuidados com a saúde envolve alimentação balanceada e até um pouco restritiva. Marcio conta, enquanto dá risada, que ele e a mãe tentam seguir dieta à base de proteínas brancas, que ela gosta muito de chá e que é superpaparicada pelos três filhos, cinco netos e três bisnetos. Ele é o único solteiro entre os irmãos e, por isso, recebeu a divertida missão de conviver diariamente com a mãe.

"O hobby dela era cultivar orquídeas, mas como saímos de casa e decidimos morar em um apartamento, o espaço diminuiu. Começamos a garimpar. A gente gosta de mobília antiga, objetos de decoração para a casa, roupas e chapéus. Quando ela começou a usar chapéus por causa da doença, que acabou se espalhando pelo rosto, não saía na rua sem ser elogiada. E eu falei: 'Fia, se as pessoas param para tirar fotos suas o tempo todo é porque você tem algo de especial'. Ela não acreditava. Agora acredita".

Neymar, Daniel e xaveco dos novinhos

Reprodução/Instagram
Imagem: Reprodução/Instagram

Solteira por opção --Isaura não passa um dia sem receber propostas de namoro na internet--, e deixa escapar que não resistiria aos charmes de apenas dois homens: Neymar e o cantor Daniel. "Ele é tão bonito, que moço bonito. É novinho, mas é lindo. Eu ficaria com ele", brinca. "Já o Daniel é mais velho, mas lindo. Eu o amo muito".

Marcio conta que a maior parte das propostas de namoro recebidas pela mãe nas redes sociais é de homens jovens. "Ela é xavecada por homens de 18 até uns 55 anos. É engraçado porque os caras da idade dela não a procuram. No inbox, esses homens pedem o WhatsApp, mandam juras de amor, música e poema. Todo santo dia. Ela não tem um dia de sossego", conta o filho enquanto a mãe gargalha de fundo. "Eles pensam que sou vaca leiteira", brinca Izaura.

"E pode namorar, Marcio?", Universa pergunta. "Claro, se ela quiser, pode. Mas tem que ser com um homem que não se sinta intimidado em estar perto dela porque ela é desse jeito. Sai de sutiã e calcinha nas fotos, recebe mensagens o tempo todo, é parada na rua. Tem que ter condições de acompanhá-la", ri.

Faz só um ano que Izaura criou sua página no Instagram, hoje com 32 mil seguidores. "Começamos a publicar as fotos em grupos de mulheres que gostam de viajar e ela se tornou um fenômeno. Decidimos expandir para Facebook e Instagram. Na próxima semana, ela vai participar de uma feira de longevidade em São Paulo. Virou influencer mesmo", diz o filho.

Quando a foto nua viralizou, os netos de Izaura se orgulharam. Os filhos, que também a apoiam, ligaram. "Mãe, o que a senhora está aprontando? A senhora perdeu o juízo?". Ela se diverte. "Viver assim é muito legal. Eu morro de rir de tudo. Me sinto linda. Espero que todas as mulheres possam se sentir assim".

Mais Autoestima