Topo

Câmeras focadas no bumbum de Taylor Swift registram eventos após abuso

A cantora Taylor Swift - Reprodução/Instagram
A cantora Taylor Swift Imagem: Reprodução/Instagram

Do UOL, em São Paulo

25/08/2019 10h50

A cantora Taylor Swift revelou que câmeras de seguranças apontadas para seu bumbum registram todos os meet and greets -- encontros em que artistas tiram fotos com os fãs -- que faz. A medida foi tomada após Taylor ter sido tocada inapropriadamente por um DJ durante evento em 2013.

O caso foi encerrado em 2017, quando o júri deu o veredicto de culpado a David Mueller e o condenou a pagar US$ 1 (um dólar), valor simbólico pedido pela defesa da cantora.

Em entrevista ao The Guardian, Taylor disse que nunca quis que o ataque tivesse se tornado público, mas não enfrentou outros casos. "Eu tenho muita sorte que isso não tenha acontecido comigo antes. Mas essa foi uma das razões pelas quais foi tão traumatizante", contou.

Segundo ela, a situação foi descarada porque aconteceu na frente de sete pessoas. Desde então, a cantora disse câmeras de seguranças apontadas para a parte inferior de seu corpo registram todos os encontros que faz.

"Se algo acontecer de novo, podemos provar isso com imagens de vídeo de todos os ângulos", diz ela.

Violência contra a mulher