Topo

Sexo

Concurso elege pênis mais bonito da web: "Homem gosta de comparar tamanho"

Competidores mandam fotos para que Luiz, criador do #PintoAwards, coloque os pênis para votação - iStock Images
Competidores mandam fotos para que Luiz, criador do #PintoAwards, coloque os pênis para votação Imagem: iStock Images

Natália Eiras

De Universa

18/08/2019 17h22

Apenas por brincadeira, o estudante de comunicação social Luiz*, 27, de Cuiabá (MT), pedia, em 2013, fotos íntimas de seus seguidores no Twitter. Para a sua surpresa, sua caixa de mensagens de diretas sempre estava cheia de imagens de pênis. "Até hoje eu não entendo o porquê das pessoas realmente enviarem", fala em entrevista para Universa. Ele usava o microblog para tecer comentários sobre fisionomia e qualidade das imagens. "Na época, fiquei conhecido no Twitter por isso". Foi assim que nasceu o Pinto Awards, cuja hashtag está bombando na rede social neste domingo (18).

A premiação teve a sua primeira edição em 2016, quando Luiz pediu as imagens e premiou, citando o nome de usuário dos vencedores, mas sem divulgar as fotos dos respectivos pênis. Na segunda edição do mesmo ano, Luiz resolveu inverter as coisas: ele divulgava as imagens dos candidatos do concurso de beleza, mas não abria o nome dos respectivos donos. "E eu abri para a votação do público. Os seguidores escolhiam quais eram os mais bonitos".

Todo mundo pode participar

Para participar, é bom ficar ligado nas redes sociais. Luiz avisa, no Twitter do concurso, quando as inscrições estão abertas. "Normalmente são 180 imagens selecionadas e 50 que ficam no acervo". Com os competidores em riste, o estudante numero e separa os participantes por categorias criadas de acordo com o material recebido.

Assim, sempre há a possibilidade de existir um novo prêmio a ser conquistado e todo tipo de membro está apto a participar. "Lembro que uma vez teve a categoria R*** Pesada, que me marcou muito por causa do termo", explica o estudante. O significado do nome da categoria é fácil de explicar: "Era para o que parecia mais pesado, sabe?".

Para submeter uma foto para votação, o candidato precisa concordar com os termos e condições que inclui a possibilidade de você sofrer sérias críticas da internet. O aviso é para preparar psicologicamente os competidores. "Normalmente eu não me importo com o que eles ouvem porque eles são avisados". Um caso, no entanto, o deixou bem mal. "Publiquei a foto de um pênis 'diferenciado', que era bem desproporcional. Eu apaguei muito rapidamente, mas as pessoas já tinham tirado print e a zoeira foi muito pesada, Penso nele até hoje."

O aviso e a possibilidade de ter seus membros analisados, porém, não diminuem o volume de inscrições. "Acho que as pessoas gostam tanto do Pinto Awards porque o homem tem essa cultura de querer comparar o tamanho", afirma o criador.

Dono tímido

Luiz contou que já teve vontade de participar do concurso, mas que nunca se inscreveu. "Gosto mesmo de estar no comando da competição. Não quero ser o centro das atenções", fala. Há algum tempo, ele tinha até mesmo vergonha de estar pessoalmente ligado ao concurso. "Sou muito tímido, então eu não sabia muito bem como reagir quando alguém vinha falar sobre o assunto comigo."

Neste ano, as coisas mudaram e ele decidiu assumir que organiza o concurso. "Acho que o fato do pessoal da faculdade ter descoberto que sou eu quem estou por trás do Pinto Awards ajudou", fala.

Nos três anos da competição, Luiz já viu tudo. "Já tem muita gente que fez parte desse fenômeno. Teve a vez que uma avó fez um vídeo pedindo votos para a foto do próprio neto", afirma. Para uma imagem, ele teve que usar as habilidades dele em Photoshop. "Precisei editar uma foto para tirar uma sujeira", fala, rindo.

Por mais que o estudante curta de ser o dono do show, ele também tem seus gostos pessoais, apesar de não acreditar que realmente exista pênis feios. "Eu, pessoalmente, acho bonito é um simétrico, limpo e aparadinho. Não raspado, mas aparadinho." Ele diz, no entanto, que não tem uma categoria favorita, mas uma foto que recebeu chamou bastante a atenção e ficou marcada em sua memória. "O menino tinha uma tatuagem na área do umbigo e tirou a imagem com o pênis encostado na barriga, aí ficou parecendo que tinha asas. Achei o conceito bonito."

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{user.alternativeText}}
Avaliar:

O UOL está testando novas regras para os comentários. O objetivo é estimular um debate saudável e de alto nível, estritamente relacionado ao conteúdo da página. Só serão aprovadas as mensagens que atenderem a este objetivo. Ao comentar você concorda com os termos de uso. O autor da mensagem, e não o UOL, é o responsável pelo comentário. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Sexo