Topo

Diversidade


Jesuíta Barbosa diz: "Se for para ajudar, pode escrever aí: sou viado"

Jerônimo (Jesuíta Barbosa) em Verão 90 (Reprodução/TV Globo). - Jesuíta Barbosa em cena da novela "Verão 90" (Reprodução/TV Globo).
Jerônimo (Jesuíta Barbosa) em Verão 90 (Reprodução/TV Globo). Imagem: Jesuíta Barbosa em cena da novela "Verão 90" (Reprodução/TV Globo).

Do UOL, em São Paulo

15/08/2019 18h07

Prestes a estrear em um musical de David Bowie, Jesuíta Barbosa falou abertamente sobre sua sexualidade em entrevista para a última edição da revista Vogue.

Assim como o cantor, o protagonista da peça se mostra interessado por assuntos como androginia e fluidez de gênero. "Conscientemente ou não, Bowie representa algo de libertário para todos nós, ele ocupou um espaço de provocação inalcançável".

Nas telinhas, o ator já interpretou personagens sexualmente diversos como a drag queen Shakira na série Onde Nascem os Fortes, da TV Globo, em 2018. No cinema, viveu um militar homossexual no longa "Tatuagem" (2013).

"Experimentar o feminino como transgressão me ajudou a crescer como ser humano. Mas nunca falaria de sexualidade abertamente se não fosse como provocação ou para abrir possibilidades. Nossa tentativa de discutir essas questões está num lugar muito retrógrado ainda. Acho, por exemplo, a ideia de me colocar como viado ou hétero limitadora, são como duas caixas pré-definidas. Mas se for para me colocar em função da comunidade, pode escrever aí, por favor: sou viado", declarou para a revista.

No musical, o ator interpretará o alienígena Thomas Jerome Newton na peça Lazarus, que Bowie escreveu pouco antes de morrer em parceria com o dramaturgo Enda Walsh. Agora ganhou versão brasileira, dirigida por Felipe Hirsch, que estreia no próximo dia 22 em São Paulo.