Topo

Universa


Universa

Ela usou drogas até os 18 anos; hoje, ganha R$ 480 mil por ano no Instagram

'Eu fiquei de saco cheio de ver meus amigos morrendo ou indo para a prisão', conta Heidi Lavon Imagem: @heidilavon/Instagram

Do UOL, em São Paulo

15/08/2019 18h12

Heidi Lavon garante: aos 18 anos, já havia experimentado todo tipo de droga que conheceu. Começou a fumar maconha aos 12 anos, passando depois para o ecstasy, o metanfetamina e a cocaína. Um dia, porém, resolveu dar um novo rumo à vida - e começou a fazer sucesso com suas fotos no Instagram.

Sua conta na rede social tem hoje mais de 830 mil seguidores. Com o sucesso, segundo o jornal Daily Mirror, a norte-americana fatura 99 mil libras (cerca de R$ 480 mil) por ano, graças às postagens das fotos que tira de si.

"A internet é incrível, tem sido ótima para mim. É realmente benéfica para mim, como pessoa independente que sou, porque eu aprendi a mexer no Photoshop Lightroom e me ensinei um fluxo de trabalho", disse ela ao diário. "Não tenho que pedir a nenhum fotógrafo para usar minhas fotos como desejar. Meu noivo (James, um ex-militar) tirar as fotos, eu retoco e finalizo o negócio", acrescentou.

📷: @james_m_ramsey

Uma publicação compartilhada por HEIDI LAVON (@heidilavon) em

Heidi ganha até US$ 600 (quase R$ 2,4 mil) de marcas por cada post, embora algumas empresas paguem um valor fixo de até US$ 4 mil (R$ 15,6 mil) por mês para aparecer nas postagens da modelo. Um cenário bem diferente do vivido por ela na adolescência.

"Meus amigos pegavam bebidas do armário de seus pais, então preenchiam as garrafas com água. Aquilo logo levou a cogumelos, depois ecstasy, metanfetamina e ao krank, que é uma versão mais suja da metanfetamina", relatou ela.

Depois de seis anos de uso de drogas, tendo sido detida por dirigir sob efeito das substâncias, com direito a um ano sem licença da carteira de motorista, ela decidiu se afastar do vício.

Fast times at Ridgemont High vibes 💦. . . 📷: @james_m_ramsey

Uma publicação compartilhada por HEIDI LAVON (@heidilavon) em

"Eu fiquei de saco cheio de ver meus amigos morrendo ou indo para a prisão. De saco cheio de ficar doente, sem dinheiro, de desapontar meus amigos e minha família", contou a modelo. "Deixar as drogas foi a melhor coisa que eu poderia ter feito por mim."

Hoje, ela se dez feliz com a decisão. "Minha pele está melhor, minha resistência, meu corpo e minha mente. Eu tenho músculos de verdade agora", brinca.

Mais Universa