Topo

Alto Astral


ETs e apocalipse: entenda o que acontece hoje na profecia de Chico Xavier

Até 2002, quando morreu aos 92 anos, Chico Xavier psicografou 459 títulos - INSTITUTO CHICO XAVIER via BBC
Até 2002, quando morreu aos 92 anos, Chico Xavier psicografou 459 títulos Imagem: INSTITUTO CHICO XAVIER via BBC

Camila Eiroa

Colaboração para Universa

20/07/2019 04h00

Chico Xavier foi um importante médium brasileiro, que ganhou relevância no mundo inteiro por suas previsões e trabalhos espirituais como as psicografias, por exemplo. Assim que entramos no ano de 2019, muitas pessoas começaram a falar na Data Limite, um dia marcado no calendário de quem acompanha a trajetória de Chico como sendo um verdadeiro salto para o planeta. Mas seria o fim do mundo? O apocalipse?

Na realidade, não. Durante o Pinga-Fogo, programa da extinta TV Tupi, o médium revelou para o público a necessidade de deixarmos para trás guerras e outros conflitos danosos para o planeta nos 50 anos seguintes desde a data em que o homem pisou na Lua -- 21 de julho de 1969. Só assim, então, alcançaríamos uma nova era, um novo momento para o planeta crescer em harmonia e repleto de amor.

Segundo suas palavras, se não entrássemos em uma guerra de extermínio até o dia 20 de julho de 2019, no caso uma terceira guerra mundial, poderíamos esperar realizações extraordinárias da ciência humana. "Assim, teremos, quem sabe, a possibilidade de entrar em contato com outras comunidades da nossa galáxia", afirmou o médium durante o programa.

Pronto, isso foi o suficiente para criarem teorias sobre a aparição de extraterrestres e mortes em grande escala no cardápio do dia 20 de julho de 2019. Mas o que será que os espiritualistas de hoje, que conviveram ou estudaram a obra de Chico, têm a dizer sobre a Data Limite? O que será que podemos esperar desse dia? Leia abaixo!

Márcia Fernandes, sensitiva

Chico Xavier explicou que, com o homem chegando na Lua 50 anos atrás, houve um aconselhamento de pessoas mais elevadas e de outros mundos lá no astral, com o intuito de ajudar a Terra. Nós teríamos, então, um prazo de 50 anos -- que expira agora -- para evitar problemas como guerras, desastres naturais de todas as espécies e desarmonias. Caso o homem não exercitasse o amor durante esses anos, viria uma terceira guerra mundial. Porém, antes disso acontecer, até mesmo os ETs mais avançados estariam em nosso planeta para nos ajudar.

Que existe ET eu não tenho a menor dúvida, que eles vêm nos ajudar e que a gente vai tentar, a partir deste ano, trazer cura para todas as doenças também. Mesmo com tudo de ruim que aconteceu e acontece, me parece que o homem conseguiu fazer com que o planeta Terra não explodisse. Mas por que essa intervenção? Os povos de outros planetas sabem que, se estourar uma guerra, o eixo da Terra vai mudar e vamos sair do lugar, assim como todos os planetas. Com uma bomba atômica, o medo que eles tinham é que a gente acabasse com todo alinhamento planetário e por isso se dispuseram a nos ajudar. É isso que eu entendo como Data Limite.

Nilton Schutz, astrólogo

Antes de tudo, eu tenho um imenso respeito ao Chico Xavier, um dos médiuns mais importantes do Brasil. Porém, para mim, ele nunca falou sobre fim de mundo, guerras ou contatos com extraterrestres. Isso é uma especulação gerada para que o pessoal crie, em cima de uma data, uma ansiedade. O homem chegou à Lua em 20 de julho de 1969. Com essa conquista do ser humano em relação ao espaço, Chico disse que, segundo sua mediunidade, a humanidade teria 50 anos para conviver em paz e enfim começar a evoluir. Mas veja bem, ele apenas citou que teríamos de viver em harmonia e mais espiritualizados. Fomos nós que geramos essa interpretação negativa de catástrofe e fim de mundo.

Para mim, isso não procede. Pertenço à Sociedade Brasileira da Eubiose e, segundo nossos estudos, o ano de 2005 é um marco, quando começa de fato a Era de Aquário. Foi escrito pelo nosso revelador, o fundador da Sociedade, que a partir de então, de 7 em 7 anos, a humanidade teria saltos cíclicos evolutivos que podem mexer na economia, na política e na sociedade. São transformações vibracionais que vão nos conduzir para a verdadeira evolução. Tudo que é falso irá ruir. 2019 é o segundo setênio após 2005, por isso acredito que, de uma forma totalmente racional, viveremos o que nosso planeta precisa para sermos realmente fraternos.

Evani Neme Carrasco, bruxa

Todas as religiões pregam uma data limite para a tomada de decisões e para que a humanidade caia na real em prol da evolução. É somente uma data para fazer reavaliações e ditar novos destinos. Segundo o Tarô, os Búzios e os meus guias espirituais, a gente vai ter uma reviravolta mundial. Começam a brotar péssimos governos e a sociedade começa a se manifestar. É um jeito que a espiritualidade encontrou para que todos pensem no que realmente importa. Tem muitas coisas absurdas acontecendo com o propósito de fazer a gente reavaliar nossos caminhos. Não tem mais que se falar em catástrofes. Todo dia tem catástrofe acontecendo para, através da dor e do impacto, obrigar a gente a pensar.

A terra continua em convulsões como ela já está, requerendo seu próprio lugar e sua importância enquanto espírito Gaia. Ainda temos mais uns 10 anos para entender porque estamos aqui. Estamos passando por vários eventos astrológicos e muita coisa magnética, é importante que a gente pensa e sinta de forma coordenada. É muito difícil, na sociedade em que a gente vive, manter essa coesão, mas vamos ter que entender que somos todos feitos da mesma matéria e estamos em uma grande teia. Cada um fazendo sua parte, essa energia se espalha e acaba atingindo até mesmo os que não pensam como nós. O importante é espalhar amor por tudo que é vivo no planeta.

André Mantovanni, espiritualista

Temos a sorte de Chico ter encarnado no Brasil, ele teve um trabalho muito especial e um legado que sustenta a Data Limite. Ele entendeu que teríamos a possibilidade de melhorar, evoluir e plantar a paz. Nesse raciocínio, eu entendo que é um momento para pensarmos e amadurecermos muito o que queremos daqui para frente. As pessoas estão falando sobre a possibilidade de acontecimentos catastróficos, mas acho que toda essa questão já é presente na nossa sociedade e no mundo. A Data Limite, para mim, é uma data para se pensar, que traz mais fortemente essa reflexão de como melhorar nosso mundo interior e consequentemente o exterior.

É uma simbologia de transformação de consciência. Uma possibilidade de se conectar com o bem da vida. Acho que nesse dia a gente pode, sim, ter os nossos rituais para ficar mais próximo do sagrado, mas é uma data que deve ser lembrada sempre. O que eu posso fazer para melhorar o mundo? Como ter consciência de que estamos todos interligados? Esse pensamento, que vem à tona com o dia 20, deve ser levado por todos os outros dias. Acho que uma mudança de padrão chega para que as pessoas fiquem mais conectadas do que precisam fazer para que o mundo evolua.

Angélica Lisanty, litoterapeuta

O Chico foi o cara da expressão do amor e da espiritualidade. Eu acho que ele trouxe muitas provas do mundo espiritual para o mundo material e merece toda nossa admiração. De uma certa forma, ele conseguiu captar a mensagem da Data Limite e eu acredito muito que, sim, temos esse prazo para regeneração. Também acredito que a interferência dos irmãos de outras esferas já está acontecendo para que a humanidade evolua. Dentro desse contexto, a data representa uma abertura para que as pessoas possam alcançar uma nova consciência e um novo momento espiritual. É um prazo, mas acredito que será benéfico e essa pressão negativa vai ser totalmente retirada do planeta. Confio que os irmãos cósmicos já estão aí, mas a diferença é que eles vão se apresentar.

Quando isso vai acontecer? Não sei exatamente. Talvez a data não seja determinante, mas um começo de mudança para a nossa evolução. É um marco importante a ser vencido. Estar no amor e na luz é uma ótima maneira para se conectar com o universo de uma forma positiva, afinal, é onde habitamos. As pessoas estão muito preocupadas com os ETs, né? Acredito neles também, mas há algo mais profundo que é a nossa transformação interior. Agora é a hora. Aqueles que não quiserem acordar, têm uma tendência maior a serem retirados do planeta mesmo, por uma simples incoerência. Mas isso não acontece em um único dia, acredito que se dá ao longo dos anos. É um processo.

Zelinda Hypólito, psicóloga e astróloga

Todo mundo sabe que eu sou afilhada do Chico Xavier e ele foi meu padrinho de casamento. No programa Pinga-Fogo, ele falou sobre os extraterrestres e sobre uma nova civilização que pode começar desde que nós, humanos, saibamos lidar com uma coisa muito importante: o amor. Nós vivemos em brigas e guerras para que? O universo é muito grande e o que nós fazemos aqui é muito pouco. Precisamos despertar o amor em vez de despertar o ódio e a guerra.

Sobre o Chico ter dito que a Data Limite seria dia 20 de julho de 2019? Ele falava às vezes por metáfora e pode ter sido mal interpretado. Acredito que estamos em uma era de transição e é bom, porque o mundo está começando a ficar um pouquinho apertado. Acredito inclusive que temos mais gente boa do que ruim por aqui. Então, precisamos fazer com que esse mundo valha a pena, sempre com muito amor.

Daniel Atalla, astrólogo e tarólogo

Nos anos 50, Chico descreveu que se passássemos os próximos 50 anos sem nenhuma guerra e vivêssemos em paz, teríamos uma nova era para nossa história. Isso tem sido falado por várias pessoas em vários lugares do mundo. Mas será que Chico Xavier fez uma previsão definitiva de ano e mês para termos uma mudança de planeta? Será que realmente houve essa evolução moral? Será que as pessoas estão de fato nesse processo de crescimento? Acredito que estamos evoluindo, sim, mas não em todo o planeta. Acho que está na hora de colocarmos os pezinhos no chão, parar de achar que a Data Limite é apocalíptica.

É uma data positiva para o crescimento e para a evolução da humanidade. Neste dia, vai ter uma energia de pessoas acreditando mais no bem e eu espero que o mundo esteja cada vez melhor, sim. Mas não vamos pensar que o mundo vai acabar ou que o extraterrestre vai chegar justo no dia 20 para falar com a gente. Muito menos que vamos viver a vida iluminada que sonhamos e que o paraíso vai chegar à Terra. Temos que continuar evoluindo, acreditando uns nos outros e praticando o bem. A nossa data limite é quando vamos embora deste mundo, é quando temos que olhar para atrás e constatar que vivemos e que vivemos muito bem.