Topo

Mães e filhos

Famílias chamam coach para ajudá-las a criar filhos longe dos eletrônicos

Famílias recebem ajuda de coach para livrar as crianças dos eletrônicos - Getty Images
Famílias recebem ajuda de coach para livrar as crianças dos eletrônicos Imagem: Getty Images

Da Universa

07/07/2019 19h12

Pais americanos vêm tentando voltar no tempo em que não havia smartphones, tablets e afins e, para isso, eles estão recorrendo a profissionais para tirar os filhos da frente das telas do celular e computador. Essa nova categoria de coach tem atuado em casas, escolas, igrejas e sinagogas.

A reportagem do "New York Times" ouviu uma dessas pessoas. Gloria DeGaetano ajudava famílias de Seattle a afastar seus filhos das telas quando percebeu aumento da demanda. Ela lançou o "Parent Coaching Institute", uma rede de 500 treinadores, e que cobram 80 dólares (cerca de 300 reais) por hora. Nas cidades maiores, as taxas variam de 125 a 250 dólares (477 a 954 reais). Os pais geralmente têm de oito a 12 sessões.

"Você não pode ser uma máquina. Estamos pensando como máquinas, porque vivemos nesse ambiente mecânico. Você não pode criar crianças com uma mentalidade mecânica", ensina Gloria.

Entre as atividades aplicadas nessas sessões estão brincadeiras e jogos ao ar livre e pinturas.

Em Chicago, a coach Cara Pollard, que também é mãe, notou que a maioria dos adultos se acostumou tanto a se divertir com os telefones, que se esqueceram que cresceram sem eles. Os clientes, ela conta, vinham confusos sobre o que fazer toda a tarde com os filhos. Ela então tem feito um exercício de memória.

"Eu digo: 'Apenas tente lembrar o que você fez quando criança'", disse Pollard. "E é tão difícil. Eles se sentem muito desconfortáveis, mas eles só precisam se lembrar", ela conclui.

Mais Mães e filhos