Topo

Diversidade


Homem assume ser gay após a esposa se afirmar lésbica: "Vivi uma mentira"

Reprodução/Instagram
Imagem: Reprodução/Instagram

Da Universa

01/07/2019 19h07

A Parada LGBTQ+ do último domingo (31) em Connecticut, EUA, trouxe uma história surpreende de um homem em especial. Bruce Downer estava lá, usando uma tiara de princesa contra balanceada com as roupas "heteronormativas". Essa foi a terceira vez em que ele foi ao evento, mas entre as outras, a mais importante.

Isso porque Bruce revelou ter se assumido gay após 23 anos casado com uma mulher. O que levou o norte-americano a tomar essa decisão foi o fato de que tanto sua esposa como seu filho também assumiram serem lésbica e gay, respectivamente.

"Eu era casado com uma mulher há 23 anos, mas tudo acabou. Eu finalmente fui forte o suficiente para dizer que eu não quero mais viver esta vida, eu não quero continuar a viver uma mentira. Eu queria viver minha vida de verdade", disse o enfermeiro, de 53 anos.

Após o divórcio, que aconteceu em 2017, a esposa de Bruce admitiu ser lésbica. Atualmente, ela está noiva de outra mulher.

"Eu não sabia que ela era lésbica e ela não sabia que eu era gay e nós ficamos casados por 23 anos", relembra.

A experiência pessoal de Bruce ajudou seu filho Tyler a perceber "seu verdadeiro eu" também. Com as revelações feitas, o rapaz de 23 anos contou aos pais ser gay.

"Eu meio que sabia antes que ele me dissesse. Foi fácil falar com ele porque sabia que ele entenderia", opinou Bruce.

Tyler, que assim como sua mãe, acompanhou o pai na Parada LGBTQ+ falou sobre seu ponto de vista a respeito da revelação em família.

"Aprendo algumas coisas com meu pai, mas às vezes é estressante porque sempre sinto que ele está me criticando sobre o que estou fazendo porque ele é o mesmo", complementou.

O "New York Post" teve acesso a registros públicos que confirmam o casamento entre Bruce e Joanne Hamilton, em 1994.