Topo

Garotinho de 12 anos produz gravatas para ajudar animais a acharem um lar

Reprodução
Imagem: Reprodução

Da Universa

25/06/2019 14h37

Um menino de apenas 12 anos tem emocionado muita gente com uma iniciativa mais que nobre. Darius Brown criou sua própria marca de gravatinhas para pets e seus donos e tem doado parte da produção para ajudar animais abandonados a encontrarem uma casa.

O garotinho, que fundou com 11 anos a empresa Beaux & Paws, já coleciona mais de 44 mil seguidores no Instagram e passou a dedicar parte de seu estoque aos animais de rua depois dos furacões Irma e Harvey, nos EUA, em 2017. Na época, muitos pets ficaram sem casa e por conta da lotação dos abrigos alguns precisaram ser eutanasiados. A iniciativa de Brown tem ajudado muitos cachorros e gatos a finalmente encontrarem uma casa.

Com apenas 2 anos ele foi diagnosticado com um problema de fala, compreensão e desenvolvimento de suas atividades motoras. Com 8, começou a ajudar a irmã na fabricação de gravatinhas para pets e teve um avanço notável em seu quadro.

Reprodução
Imagem: Reprodução

Hoje, o garotinho já participou de inúmeros programas de TV e chegou a receber em 2018 uma carta honorária do então presidente americano Barack Obama.

"Depois de ouvir sua história quero te elogiar por seu serviço perante a comunidade. Desde fundar Beaux e Paws até melhorar as vidas daqueles ao seu redor, está claro que você está fazendo sua parte para cuidar das pessoas. E tenho certeza que você tem um tremendo orgulho de tudo que realizou. Continue engajado em encontrar maneiras de ajudar os outros e nunca desista de si mesmo, estou confiante de que nosso futuro será brilhante", diz um trecho da carta.

Dazhai, irmã mais velha de Darius, criou uma campanha de arrecadação de fundos para ajudar o garotinho em sua missão de salvar os animais. "Ele me motiva e me inspira todos os dias. Ele é um jovem incrível e eu farei tudo o que puder para ajudá-lo em sua jornada. Eu estou apoiando ele em sua causa 100% e espero que você se junte a mim. Nenhuma doação é muito pequena ", disse a jovem.

Mais Fofuras