Topo

Diversidade


Passageira relata ter sofrido racismo no metrô de Londres

A britânica Julia Ogiehor chamou a polícia após sofrer racismo no metrô - Reprodução/Twitter
A britânica Julia Ogiehor chamou a polícia após sofrer racismo no metrô Imagem: Reprodução/Twitter

Da Universa

22/06/2019 17h40

A britânica Julia Ogiehor chamou a polícia ao desembarcar em uma estação de metrô em Londres alegando ter sofrido racismo por parte de dois passageiros.

Ela postou o ocorrido em sua conta no Twitter e contou a sua versão do que aconteceu. "Eu estava na minha, ouvindo música, a caminho de casa. Eles começaram a me perguntar de onde eu era e não aceitaram quando respondi que era de Londres", escreveu.

Ela afirma que ambos passaram a gritar com ela, dizendo que ela não poderia ser da Inglaterra, e a chamaram de ignorante.

"Por sorte, quatro pessoas se aproximaram para me defender e chamar a polícia. Eu também chamei a polícia e apresentei três testemunhas", postou Julia, que é conselheira do Partido Liberal Democrata, em Londres.

Julia agradeceu o apoio que recebeu das pessoas, tanto no metrô quanto na rede social. "Obrigada pelo dilúvio de mensagens de apoio. O lado positivo é mostrar que muita gente concorda que esse tipo de atitude é desprezível e inaceitável em nossa sociedade."

"Pela ajuda que recebi no metrô, que me deu segurança para enfrentar a situação, e pelo esmagador apoio no Twitter, a mensagem é clara: intolerância e racismo não são bem-vindos aqui", finalizou.