Topo

Beleza

Lip tint: o que é e como usar o produto labial que é tendência de maquiagem

Luana Kondrat

Colaboração para Universa

10/06/2019 04h00

Os lip tints voltaram com força total aos nécessaires das amantes de maquiagem e também daquelas que preferem um visual mais discreto. As responsáveis pelo retorno da tendência são as sul-coreanas -- conhecidas por diversos truques de make e pela rotina completa de skincare -- que costumam usá-los concentrado no centro da boca.

Os lip tints deixam os lábios com um toque de cor mais natural. "Além disso, a fixação é bem mais alta do que a de um batom tradicional", conta a maquiadora Priscilla Pêgo. Confira agora como usar o produto e por que eles são considerados multifuncionais.

Afinal, o que são os lip tints?

Como o nome já sugere, os lip tints são destinados aos lábios, mas como hoje existe uma percepção da multifuncionalidade dos produtos, é possível usá-lo nas maçãs do rosto e até nos olhos, explica Rafaella Crepaldi, maquiadora da Nars. O produto definitivamente não é um batom tradicional. A ideia é 'manchar' ou 'tingir' os lábios, deixando aquela cor linda, que parece ser o tom da sua própria boca", diz Priscilla Pêgo.

Onde podem ser usados?

Uma das grandes vantagens do produto é que ele também acaba funcionando em outras partes do rosto. "Normalmente, o lip tint pode ser usado como blush e como batom", explica Priscilla Pêgo. Mas, quando o assunto é a região dos olhos, vale ficar atenta: é preciso verificar no rótulo se dá para usá-lo com segurança ou se passou por testes dermatológicos e oftalmológicos já que, por se tratar de uma região sensível, pode causar alergia, alerta Marcos Costa.

Qual a melhor forma de aplicar?

Como o produto seca super-rápido é preciso tomar cuidado para não manchar. O ideal é aplicar o lip tint e, logo em seguida, usar um pincel próprio para blush, arrastando o produto. Se preferir, aplique-o com as pontas dos dedos - para uma maior cobertura, basta dar diversas batidinhas, diz Marcos Costa. Porém, como o produto tem pigmentação alta, qualquer quantidade a mais pode deixar a cor muito forte, completa. E tem mais: "as fórmulas com textura aquosa podem acumular nas partes mais secas do rosto, por isso manter a pele hidratada é uma boa opção para evitar esse problema", diz Rafaella Crepaldi. Na hora de retirar o lip tint, procure usar demaquilante para não machucar a pele.

Quais são os principais tipos de aplicadores?

A maioria dos lip tints disponíveis no mercado têm aplicador parecido com o pincel de um esmalte ou com o de gloss. Mas é possível encontrá-los também nas versões em bastão. "Ou seja, são bem práticos de usar", afirma Rafaella Crepaldi.

Dá para criar efeitos diferentes com o lip tint?

Sim! Marcos Costa gosta de usar o produto com mais intensidade no centro dos lábios, deixando o contorno mais suave. Segundo ele, dá também para deixá-los mais marcados, enquanto as maçãs do rosto ganham um tom bem suave, criando um contraste lindo. Rafaella Crepaldi diz que é possível ainda criar um visual de boca corada naturalmente saudável -- ideal para quem não quer parecer maquiada, mas não abre mão de uma cor vermelhinha ou rosada.

Caso queira lábios, olhos e maçãs mais pigmentados, basta apostar em mais produto, mas sempre colocando-o aos poucos. Se quiser o efeito contrário, aplique menos e capriche na hora de espalhar, indica Priscilla Pêgo. "Particularmente gosto muito do lip tint. É moderno e combina com todas. Ah! Só mais um detalhe: ele é ótimo para quem tem pele oleosa e mora em lugares quentes. Em geral fixa superbem na pele", finaliza Marcos Costa.

Beleza