Topo

Inspira

Ideias para uma vida mais plena


Jain: quem é a cantora que vai abrir a Copa do Mundo de Futebol Feminino?

Jain, de 25 anos - Reprodução/Instagra
Jain, de 25 anos Imagem: Reprodução/Instagra

Da Universa

05/06/2019 12h42

A poucos dias da abertura oficial da Copa do Mundo de Futebol Feminino, que acontece na França, todos os olhares estão voltados para o esporte.

E quando as principais jogadoras do planeta se reúnem para disputar o mundial, o palco da festa de abertura também tinha que ser de uma mulher: a francesa Jain.

Aos 25 anos, ela fez um show pela metade no Lollapalooza deste ano, em São Paulo, por conta das chuvas, e traz a pluralidade étnica na medida para representar esportistas negras, asiáticas, europeias.

Jain é do mundo: foi das viviências em viagens mundo afora que ela criou sua música, sua essência. E, no que ela canta, há espaço para as minas, para protestos de classe e críticas ao governo.

De onde ela veio

A jovem nasceu Jeanne Galice, em Toulouse, no sudoeste da França.

Aos 9, mudou com a família para Dubai por conta do trabalho do pai em uma indústria de óleo. Depois ainda morou em Abu Dhabi e no Congo, onde relembra ter sido a única branca entre seus colegas de classe.

Dos 12 aos 16 estabeleceu raízes na África, mergulhou na etnia local para compor, se inspirar. E a musicalidade foi falando mais alto.

E daí que existem poucas mulheres tocando bateria? Jain foi lá e aprendeu. Aprendeu também a tocar Darbuka, um instrumento tradicional da música árabe. "Queria falar sobre as mulheres, o sistema estelar e a tecnologia que nos rodeia", disse à revista "Rolling Stone".

É esse multiculturalismo, que é a cara das seleções que entram em campo a partir de sexta-feira (7), que Jain promete levar pro palco. A gente não vê a hora de ver a seleção brilhar e da jovem francesa poder mostrar a que veio.

Mais Inspira