PUBLICIDADE

Topo

Mês do Orgulho LGBTQ+

Taylor Swift inicia mês do Orgulho LGBTQ+ pedindo apoio à Lei da Igualdade

Taylor Swift escreveu uma carta para a um senador e pede que fãs façam o mesmo - Reprodução/Instagram
Taylor Swift escreveu uma carta para a um senador e pede que fãs façam o mesmo Imagem: Reprodução/Instagram

Da Universa

01/06/2019 17h59

Para começar o mês do Orgulho LGBTQ+, a cantora norte-americana Taylor Swift escreveu uma carta para o senador republicano Lamar Alexander, do Tennessee, em apoio à Lei da Igualdade e está pedindo a seus fãs que façam o mesmo.

O projeto, aprovado na Câmara dos Deputados no mês passado, é uma emenda à Lei dos Direitos Civis de 1964. Protege as pessoas LGBTQ + contra a discriminação com base na identidade sexual e de gênero no local de trabalho, moradia, escolas e outros locais públicos. O projeto agora precisa ir ao Senado, e Swift criou uma petição da Change.org para pedir ao Congresso que o passe.

Numa longa carta publicada em seu Instagram, Taylor diz rejeitar a posição do presidente Donald Trump de que seu governo "apoia o tratamento igual a todos".

"Decidi dar início ao Mês do Orgulho escrevendo uma carta para um dos meus senadores para explicar com que força que a Lei da Igualdade deve ser aprovada. Peço-lhe que escreva também aos seus senadores", pediu a cantora.

"A falta de proteção do nosso país para seus próprios cidadãos garante que as pessoas LGBTQ devem viver com medo de que suas vidas possam ser transformadas de cabeça para baixo por um empregador ou locador que seja homofóbico ou transfóbico. O fato de que, legalmente, algumas pessoas estão completamente à mercê do ódio e fanatismo dos outros é repugnante e inaceitável", continuou.

HAPPY PRIDE MONTH!!! While we have so much to celebrate, we also have a great distance to go before everyone in this country is truly treated equally. In excellent recent news, the House has passed the Equality Act, which would protect LGBTQ people from discrimination in their places of work, homes, schools, and other public accommodations. The next step is that the bill will go before the Senate. I've decided to kick off Pride Month by writing a letter to one of my senators to explain how strongly I feel that the Equality Act should be passed. I urge you to write to your senators too. I'll be looking for your letters by searching the hashtag #lettertomysenator. While there's no information yet as to when the Equality Act will go before the Senate for a vote, we do know this: Politicians need votes to stay in office. Votes come from the people. Pressure from massive amounts of people is a major way to push politicians towards positive change. That's why I've created a petition at change.org to urge the Senate to support the Equality Act. Our country's lack of protection for its own citizens ensures that LGBTQ people must live in fear that their lives could be turned upside down by an employer or landlord who is homophobic or transphobic. The fact that, legally, some people are completely at the mercy of the hatred and bigotry of others is disgusting and unacceptable. Let's show our pride by demanding that, on a national level, our laws truly treat all of our citizens equally. Click the link in my bio to sign the petition for Senate support of the Equality Act.

Uma publicação compartilhada por Taylor Swift (@taylorswift) em

Mês do Orgulho LGBTQ+