Topo

Moda


Moda

Jaquetas de pelo: como usar as peças quentinhas mais estilosas da temporada

Kendall Jenner - Reprodução/Instagram
Kendall Jenner Imagem: Reprodução/Instagram

Mainá Belli

Colaboração para Universa

28/05/2019 04h00

Existe peça mais estilosa para looks de inverno que uma jaqueta de pelo? Este tipo de casaco traz um toque extra de sofisticação e funciona para diversas ocasiões: da roupa para trabalhar a um almoço no fim de semana; do look casual a uma produção mais sofisticada.

As jaquetas de pelo sintético são ainda ótimas peças para complementar looks básicos como os compostos por jeans e camisa clássica ou legging e camiseta. O que faz a diferença é o tipo de tecido misturado ao pelo fake e, claro, a modelagem da peça. Confira algumas dicas para usar o item sem medo nesta temporada:

1. Jaqueta jeans com pelo

O inverno costuma ser tímido em grande parte do Brasil. Assim, as jaquetas jeans forradas com pelo mais fininho são opções certeiras e funcionais para todas as regiões do país. O mix entre os dois materiais deixa a peça equilibrada, descolada e quentinha na medida.

Nesta temporada, as jaquetas cropped vieram com força, dividindo o reinado com as oversized. "Por serem mais curtas que as peças clássicas, as jaquetas de pelo cropped trazem um ar descolado e moderno aos looks de inverno", conta a designer de moda Vanessa Vicale.

Segundo a especialista, este modelo é versátil, podendo ser combinado com pantalona de cintura alta, para uma proposta mais sofisticada, ou com calça jeans e tênis casual, para um look confortável e estiloso para o dia a dia.

E já que o jeans é um dos tecidos favoritos do estilo casual, misturar duas peças com lavagens semelhantes pode ser mais uma das alternativas da tendência. Escolha a jaqueta de pelo com sua modelagem preferida e combine-a com um mom jeans de mesma tonalidade -- aquela calça estilo anos 90, mais larguinha no quadril, sabe? Arremate com uma camiseta básica e botinhas, com resultado bem confortável.

2. Jaqueta de couro com pelo

Uma jaqueta de couro forrada com pelinhos -- ambos fake, claro -- é uma ótima opção para quem quer investir na peça em sua versão mais elegante.

Do tipo de item que compramos hoje e usamos por muitas temporadas, esta jaqueta "consegue reinventar os looks para dias frios, tirando-os da zona de conforto, da 'mesmice'. Dá instantaneamente para a produção aquele toque clássico, porém fashionista", ensina a estilista Carina Possidente.

Para quem não abre mão de cores no inverno, a especialista divide mais uma dica: apostar nas jaquetas neutras por cima de blusas ou camisetas coloridas. "A combinação fica ótima com calças jeans mais justas ou leggings também de couro fake".

Outra opção incrível para arrematar a tendência é combinar a jaqueta de pelo preta com um look neutro composto por calça creme, blusa de gola alta branca e bolsa bege clara. O resultado é tão lindo que nem parece descomplicado e fácil de ser copiado!

Ah, e a jaqueta com material sintético tipo camurça também fica ainda mais estilosa e quentinha com forro em pelo fake. Combine-a com vestido de manga comprida e botas de cano curto confortáveis.

3. Jaqueta com pelinhos nos detalhes

Quem quer investir na moda, mas mora em regiões mais quentes, outro truque é usar a jaqueta -- de jeans, couro ou sarja -- com pelo apenas na gola ou nos punhos. O item trará o aspecto descolado da tendência, sem pesar o visual.

Para rimar com este estilo meia estação e sair das combinações óbvias do clima, misture a peça com vestido de manga comprida ou saia mídi estampada.

4. Além da jaqueta: os sofisticados casacos de pelo

Os casacos de pelo também acompanham o estilo das peças com forro peludinho. São, inclusive, incríveis para variar a tendência. Apesar de remeterem ao aspecto de inverno mais rigoroso, podem funcionar em climas mais amenos quando levamos em conta os detalhes.

Para que o look fique equilibrado, opte por casacos de pelo mais curtos, até a altura do quadril, e arremate-os com peças casuais.

Evite também fazer muitas sobreposições -- assim o visual continuará propício ao nosso dia a dia. Por fim, leve em conta acessórios aconchegantes e casuais, como é o caso dos tênis esportivos ou das botas de salto baixo, além das pochetes ou bolsas a tiracolo.