PUBLICIDADE

Topo

Mães e filhos

Laura Neiva: "Tenho peito pequeno e não me sinto maior nem menor por isso"

Thiago Duran/AgNews
Imagem: Thiago Duran/AgNews

Carolina Martins

Colaboração para Universa

29/04/2019 13h15

Na manhã desta segunda-feira (29), Laura Neiva falou à Universa sobre casamento, maternidade e a forma com que lida com sua autoestima durante o evento de lançamento da marca Love Beauty and Planet, com linha totalmente vegana.

No bate-papo, a atriz, de 25 anos, comentou sobre ter sua mãe, Micheli Mattar, como referência para a maternidade -- uma vez que ela a teve quando tinha 15 anos e ficou grávida novamente aos 40.

Laura Neiva com a irmã - Reprodução/Instagram - Reprodução/Instagram
Laura Neiva com a irmã, Teresa
Imagem: Reprodução/Instagram

"Quando soube que minha mãe estava grávida, foi muita felicidade. Eu sempre quis ter uma irmã e só fui ter com 25 anos. Minha mãe me teve com 15 e minha irmã com 40 (...) Sempre tem as partes boas e ruins de ser mãe cedo. É uma realidade no Brasil por diversos motivos que são tristes. Minha mãe teve uma estrutura boa por causa da minha avó, mas muitas meninas passam por situação de risco, como aborto escondido, porque não tem apoio da família. Existe esse problema e minha mãe passou por ele, mas foi amparada pela família", relembrou ela, que tem experiência em cuidar de crianças da família.

Casamento

Laura Neiva e Chay Suede no casamento - Instagram/Reprodução - Instagram/Reprodução
Laura Neiva e Chay Suede no casamento
Imagem: Instagram/Reprodução

Laura recentemente celebrou a união com o então marido Chay Suede, com quem já se considerava casada havia tempos. Para ela, a cerimônia foi para "confirmar" o que eles já tinham.

"Minha vida está ótima após o casamento! A gente já morava junto, desde sempre, então foi só uma celebração do amor. A gente já era casado, sabe? Foi só uma confirmação", opinou.

Autoestima

Sobre seu próprio corpo, a atriz contou não ter problemas em ter os seios pequenos e reforçou a importância das mulheres estarem bem consigo mesmas.

"Eu acho que as mulheres têm que ser felizes e cada um sabe do seu corpo, como o que deixa a autoestima baixa e alta. Coloca silicone quem quiser colocar, não te quem julgar ou criticar. Eu tenho peito pequeno, mas não me sinto maior nem menor do que nada por isso. Meu biótipo é esse. As pessoas têm tendência a desejarem que todos têm os corpos todos iguais", concluiu.

Mães e filhos