Topo

Beleza

Iluminador facial: como escolher e aplicar o produto para você brilhar

Kim Kardashian é adepta dos iluminadores - Dimitrios Kambouris/Getty Images
Kim Kardashian é adepta dos iluminadores Imagem: Dimitrios Kambouris/Getty Images

Laura Reif

Colaboração para Universa

15/04/2019 04h00

Maquiagem levinha, com pele limpa e aquele brilho natural, é uma das grandes tendências de beleza da atualidade. O iluminador foi ganhando cada vez mais espaço nos nécessaires após a popularização da técnica do contorno, queridinha das Kardashians, mas esse produto é versátil e pode ser aplicado de diversas formas.

Há tantas texturas e tons de iluminador que às vezes é difícil saber por onde começar. Você pode aplicá-lo diretamente na pele e deixar a base de lado, criando um look com aspecto natural, e também usá-lo com cores marcantes, dando um ar poderoso e mais vibrante ao visual.

A maquiadora Drica Maberger explica que os iluminadores devem ser escolhidos de acordo com o tom da pele. "Mas nada impede que, em uma produção mais ousada ou conceitual, o produto seja combinado com alguma sombra ou blush", explica ela. Por exemplo: se você está usando uma sombra em tons terrosos e tem pele clara, o iluminador dourado ajuda a criar um efeito bronzeado, aquecendo a pele.

Nas prateleiras das perfumarias encontramos iluminadores dourados, prateados, rosés, champanhes, perolados e pêssegos. O maquiador Duda Molinos explica quais cores mais potencializam o "efeito glam" de cada tom de pele. "Nas claras, o ideal é utilizar tons de perolado, champanhe, rosado ou pêssego. Em pele amarela ou oriental, bege acetinado ou rosado. Para pele negra, dourado ou bronze."

Como escolher

Depois de acertar no tom que mais realça sua pele, é preciso entender que existem variadas texturas para alcançar diferentes resultados. Você pode escolher o produto em bastão, em pó, em pérolas e nas texturas líquidas e cremosas. E tem até à prova d'água para os dias mais quentes.

Os iluminadores líquidos têm acabamento natural, de um rosto "fresco" e naturalmente reluzente. "Para quem tem pele seca, dá, inclusive, para misturar com a base. É muito importante considerar o tipo de pele na hora de escolher o iluminador. Se a face é oleosa ou mista, por exemplo, prefira o em pó", recomenda Drica.

Aplicação

Esses produtos têm a função de realçar as áreas altas do rosto, como têmporas, arco do cupido, topo do nariz, arco da sobrancelha e canto interno dos olhos. Não precisa passar no rosto inteiro, por maior que seja a vontade de brilhar, para não ficar com a aparência de suor.

Cada tipo de iluminador tem uma aplicação distinta, não só por conta das texturas, mas também pelos efeitos de cada tonalidade. A maquiadora conta que pode-se usar os dedos ou alguns pincéis, como o míni duo fiber, o pontudo, o chanfrado pequeno, o de esfumar e o leque. "Se o efeito desejado é um acabamento mais preciso, recomendo usar o pincel pontudo ou o de esfumar. Para ficar mais suave e natural, vá com o chanfrado pequeno, enquanto o míni duo fiber é perfeito para as versões em creme do produto", ensina.

Também vale apelar para os pincéis de pó ou blush, mas ela lembra para tomar cuidado para não exagerar na dose e acabar ficando com aspecto suado. O iluminador em pó tem um efeito mais marcado e impactante, por isso deve ser bem esfumado com o pincel.

Outro fator para lembrar é a ordem de aplicação. Duda explica que, caso esteja utilizando um iluminador cremoso, ele não deve ser aplicado depois do pó. "O iluminador líquido pode ser utilizado a qualquer momento, lembrando que a cautela na aplicação deve ser redobrada caso decida aplicá-lo após o pó, para não empelotar. Os em pó, geralmente, são aplicados por último."

Quando usar

Quando você quiser! Não é só para a balada que existe o iluminador. Dá para brilhar também no trabalho, pois existem opções para qualquer hora do dia e ocasião. "O iluminador líquido é melhor para o dia, no escritório, pois costuma ser mais sutil. À noite, iluminadores em tons metálicos costumam ir bem", conta Duda.

"Para o happy hour, aplique o iluminador em pó por cima da produção. Caso acabe exagerando, basta passar um pouco de pó compacto por cima", explica Drica. Uma dica para o visual ficar bem natural é aplicar o produto antes da base, o que garante luminosidade discreta. Para um brilho mais sutil, escolha as versões em bastão e que não possuem glitter em sua composição.

Para dar um brilho ainda maior na produção, você pode aplicar um pouco do produto no ombro ou colo. Confira alguns iluminadores para acrescentar ao seu arsenal de beleza:

Beleza