Topo

Moda


Moda

Fast fashion cria roupas feitas de fibras de abacaxi e cascas de laranja

Divulgação
Imagem: Divulgação

da Universa

11/04/2019 10h35

Já parou para pensar como a moda sustentável pode mudar definitivamente nossos hábitos de consumo? De olho nessa mudança de comportamento, a gigante sueca H&M acaba de lançar uma coleção de primavera, a Conscious Exclusive Collection, que segue à risca o conceito de eco-fashion. No lugar de materiais altamente poluentes, foram usados produtos de origem natural.

Entre os materiais tecnológicos, foi usado o Pinatex, uma alternativa ao couro feita a partir da fibra das folhas de abacaxi -- e quem olha de perto talvez jamais diga o contrário. Outra solução encontrada veio das cascas de frutas cítricas, como a laranja, que deram origem a um tecido feito com fibra e que tem aspecto de seda. A coleção também traz modelos criados com a chamada espuma Bloom, extraída da biomassa de algas.

Em entrevista ao site da "Vogue" americana, a consultora criativa da marca, Ann-Sofie Johasson falou da iniciativa. "É muito incrível ter essa oportunidade de trabalhar com todos esses materiais tão bonitos, que mostram que a moda e a sustentabilidade devem caminhar de mãos dadas. E também é muito importante aliar isso à qualidade das peças e a como as roupas são sentidas no corpo, além de seu visual. Se a estética não é 100%, nossos clientes provavelmente não vão gostar", explicou.

Divulgação
Imagem: Divulgação

Divulgação
Imagem: Divulgação

A indústria da moda é uma das principais responsáveis pelos poluentes que agridem o meio ambiente. O poliéster, por exemplo, fibra sintética mais usada na indústria têxtil, chega a demorar mais de 200 anos para se decompor.

Já a viscose provoca a derrubada de mais de 70 milhões de árvores todos os anos. E quando se pensa em algodão a situação também é alarmante: para o cultivo da fibra são usadas substâncias tóxicas que causam impactos nocivos ao solo e a água. Fora que para fabricar uma simples camiseta mais de 2.700 litros de água vão literalmente para o ralo.