Topo

Direitos da mulher


Ashley Judd relembra aborto: "Teria que criar um filho com meu estuprador"

Ashley Judd - Ashley Judd/Reprodução Instagram
Ashley Judd Imagem: Ashley Judd/Reprodução Instagram

Da Universa

11/04/2019 18h30

No contexto das constantes revisões legislativas sobre o aborto que estão acontecendo nos Estados Unidos, a atriz Ashley Judd resolveu opinar sobre o tema relembrando um caso pessoal. De acordo com a atriz, ela não deixará de lutar pelo direito à interrupção da gravidez segura e legal no seu país.

"Como todo mundo sabe, eu sou muito aberta sobre isso. Eu sou uma sobrevivente de três estupros. E, em uma das vezes que fui estuprada, houve uma concepção", disse a atriz durante o "Women in the World Summit", em Nova York, nesta quinta-feira (11), conforme relatou a revista "People".

"E eu sou muito grata por ter sido capaz de ter acesso a um aborto seguro e legal", completou Judd, explicando ainda como funcionam as legislações de paternidade nas federações dos EUA. "Eu teria que criar um filho com o meu estuprador".

A atriz ainda afirmou que o direito é uma questão também pessoal para ela e que "a democracia começa com a nossa pele". "Nós não devemos regular o que escolhemos fazer com nossas entranhas", defendeu.