Topo

Diversidade


6 frases que mulheres trans não aguentam mais ouvir

Getty Images
Imagem: Getty Images

Marcos Candido

Da Universa

02/04/2019 04h04

No dia a dia ou durante a paquera, as mulheres trans -- que não se identificam com o sexo biológico -- ouvem muitos comentários maldosos, transfóbicos. Tem também quem solta um comentário chato sem saber.

Nem sempre a intenção dessas frases é ruim, mas elas explicam à Universa algumas das palavras que podem ser evitadas para que a troca de experiências flua de um jeito legal e respeitoso.

"Você é operada?"

Nem toda mulher trans passou por uma cirurgia de redesignação de sexo -- que é quando há uma intervenção no sexo biológico de nascimento -- seja por vontade própria ou por não ter acesso à cirurgia. E tudo bem.

Para ser uma mulher trans não é preciso passar pelo procedimento cirúrgico. Isso é tão real que o Supremo Tribunal Federal (STF) permitiu que qualquer pessoa trans fizesse a alteração de nome e fosse reconhecida sem passar pela redesignação.

"Insistem em me chamar de ELE"

"Maioria me fala que eu sou um 'homem' bonito ou insistem em me chamar de 'ele' e nunca de 'ela'. Isso me deixa muito mal, até porque eu sou uma mulher", desabafa Alexia Alves, 26.

Mulheres trans devem ser chamadas pelo gênero feminino. Elas dão a dica de não usar o nome pregresso, que é o nome com a qual a pessoa foi batizada ao nascer. Custa nada perguntar, antes, se é tudo bem falar sobre o passado, ok?

"Sou hétero, não curto"

A inspetora penitenciária Bruna Dellacqua não gosta de ouvir do boy um "sou hétero, não curto" no meio do flerte. Seja ao vivo ou pela internet.

"Geralmente leio esses comentários pela internet", diz. Como mulheres trans têm a identidade de gênero feminina, um homem que se relaciona com ela é hétero, sim.

"Tenho curiosidade de ficar com uma mulher trans"

Bruna ressalta que se relacionar com uma mulher trans deve ser como relacionar com qualquer mulher. Ela tem ainda menos paciência de quem começa o flerte apostando no fetiche. "Serão desinformados e infelizes para o resto da vida", diz.

"Por que você não usa uns vestidinhos, para ficar mais feminina?"

A universitária Jeanny Lima, 24, reclama que as pessoas ficam o tempo todo tentando dizer como ela deve se vestir. Se ela não coloca um decote, pronto: já dizem que ela deveria aproveitar a transição para parecer "mais feminina", quando na verdade ela está confortável com uma camiseta.

Para ela, mulheres trans devem se arrumar do jeito que se sentirem confortáveis. "Parece que querem dar aula de como vestir para mostrar o que sou ou não 24 horas", desabafa. "Eu acho que nenhuma mulher que seja gosta disso".

"Você nem parece trans"

Jeanny também lembra um caso recorrente e citado por todas as mulheres trans dessa lista. "Então, você nem parece mulher trans, né?". A intenção pode ser boa, mas é um ato falho. Para ela, essa frase faz um juízo de valor desnecessário sobre a aparência. Troque por um elogio!