PUBLICIDADE

Topo

Pausa

Pare, respire e olhe o mundo ao redor


Pausa

Casal morre de mãos dadas com horas de diferença após 56 anos de casamento

Will e Judy Webb - Reprodução/Facebook
Will e Judy Webb Imagem: Reprodução/Facebook

da Universa, em São Paulo

26/03/2019 10h43

Casados por 56 anos, os americanos Judy e Will Webb, ambos de 77 anos, dividiram até mesmo os últimos momentos de suas vidas.

A história de amor do casal ganhou destaque na imprensa americana depois que Judy morreu de mãos dadas com Will, apenas algumas horas após o marido ter falecido, no dia 6 de março.

"Eles quase nunca se separavam, estavam sempre juntos nos 56 anos de suas vidas conjuntas", contou a filha do casa, MaryBeth Webb, à WXYZ, filiada de Detroit da emissora de tevê ABC.

Ainda segundo ela, a saúde da mãe começou a se deteriorar em dezembro, depois de sofrer complicações após um procedimento médico. Ela passou a respirar com a ajuda de aparelhos e Will não lidou bem com a notícia.

"Daquele ponto em diante, tudo o que aconteceu com ela, começou a acontecer com ele em um lugar diferente. Os dois ficaram em hospitais separados por dois meses e eles nunca haviam estado longe um do outro por mais do que um dia ou dois."

Até mesmo o quadro clínico de Will passou a "se espelhar" no de Judy. "Ela tinha uma febre, ele também tinha. Ela começava a ter congestão, ele desenvolvia pneumonia. Ela teve uma reação à medicação chamada encefalopatia metabólica e, dali um pouco, foi isso o que ele teve."

Após este período, os dois foram internados no mesmo centro de cuidados paliativos. Os enfermeiros puxaram seus leitos para que eles pudessem se deitar juntos nas horas finais de vida do casal.

Will morreu às 2h da manhã daquela quarta-feira e, contou MaryBeth, sua mãe perdeu a fala neste momento e permaneceu apenas esfregando a mão do marido até que ela mesma também faleceu. "Para mim, eles não queriam viver um sem o outro", ela afirmou ao jornal "The News-Herald".

"Sei que parece loucura, mas as pessoas podem morrer por causa de um coração partido e acho que foi isso que aconteceu com o meu pai. Tudo o que minha mãe queria -- já que ela não estava respondendo bem ao tratamento e eu perguntei a ela se queria apenas cuidados paliativos -- era estar com o meu pai. Ela até se animou e disse 'sim, onde ele está?'", relembrou.

O casal deixou três filhos, cinco netos e quatro bisnetos. A família optou por um funeral conjunto para os dois em Michigan.

Pausa