Topo

Campanha com modelo de lingerie e capacete é acusada de sexismo na Alemanha

"A aparência é uma m**rda. Mas salva a minha vida": campanha foi critcada de seximo por políticas alemãs - Reprodução
"A aparência é uma m**rda. Mas salva a minha vida": campanha foi critcada de seximo por políticas alemãs Imagem: Reprodução

Da Universa

24/03/2019 16h03

Uma campanha para incentivo ao uso de capacete entre ciclistas está sendo acusada de sexismo na Alemanha. O motivo é quase óbvio.

O ministro dos transportes alemão, Andreas Scheuer, ilustrou a propaganda com a foto de uma modelo usando só lingerie e capacete. "A aparência é uma merda, mas salva a minha vida", diz o slogan.

A propaganda deve começar a circular nesta terça (26), mesmo com críticas de mulheres do Partido Social-Democrata da Alemanha.

"É constrangedor, estúpido e sexista um ministro vender seus projetos usando gente pelada", criticou a um jornal local a parlamentar Maria Noichl, integrante do comitê de mulheres do parlamento alemão.

Além da modelo Alicija Köhler, um modelo masculino, com tanquinho à mostra, posou para a campanha.

Scheuer, que é do partido conservador, foi criticado até mesmo por outros ministros alemães. Franziska Giffey, do ministério da família, publicou uma foto dela mesma no Facebook usando capacete. "Querido Andreas Scheuer: capacete com roupa também vai bem!", escreveu.

Ministro alemão publicou foto segurando cartaz impresso da campanha

Em defesa própria, o ministério afirmou à imprensa que uma campanha bem-sucedida e em prol da segurança deve "sacudir as pessoas e pode ser polarizada".

Violência contra a mulher