PUBLICIDADE

Topo

Autoestima

Taylor Swift foi vítima da anorexia que muita gente a culpou por impôr

Reprodução/Elle UK
Imagem: Reprodução/Elle UK

Gustavo Frank

Da Universa

07/03/2019 20h10

Para a nova edição norte-americana da revista "Elle", Taylor Swift escreveu um artigo: as "30 coisas que aprendi antes de completar 30 anos". E, no quarto item, a cantora abriu o jogo sobre a aceitação do próprio corpo, algo com que ela revelou lidar desde o começo da carreira.

No desabafo, a artista revela que "odiava cada grama de gordura do seu corpo" e como trabalhou nisso ao longo dos anos com o seu psicológico para driblar o distúrbio de imagem, que pode ser interpretado como um sintoma da anorexia.

Taylor Swift - Reprodução/Instagram/@elleusa - Reprodução/Instagram/@elleusa
Imagem: Reprodução/Instagram/@elleusa

"Eu aprendi a parar de odiar cada grama de gordura no meu corpo. Eu trabalhei duro para treinar meu cérebro que um pouco de peso a mais significa curvas, cabelos mais brilhantes e mais energia. Acho que muitos de nós ultrapassam as fronteiras da dieta, mas levar isso longe demais pode ser perigoso. Não há solução rápida. Trabalho para aceitar meu corpo todos os dias", escreveu ela à publicação.

Essa é uma questão que sempre envolveu Taylor Swift, mas nunca foi abertamente discutida por ela. Sempre que surgia nos holofotes, o peso da cantora era alvo de comentários.

TS - Reprodução - Reprodução
Imagem: Reprodução

"Magra demais", "sem bunda" e "pau de vira tripa" foram algumas das alfinetadas já disseminadas na internet

E ao mesmo tempo em que recebia tais críticas, Taylor Swift era acusada de impor, com seu polêmico "squad", esse padrão de corpo para suas fãs, que são na maioria adolescentes e a tem como referência.

Tudo isso acontecia enquanto ela ?odiava cada grama de gordura do seu próprio corpo?; provavelmente até mesmo sem ter consciência disso. E isso é um problema de autoestima que atinge muita gente.

Se você pesquisar "aceitação" e "corpo" no Twitter não vão faltar relatos de algumas pessoas que (corajosamente) se abriram sobre.

A atitude de Taylor Swift de abrir o jogo sobre isso é importante por si só. Mas é importante também por abrir espaço para uma discussão sobre a razão por trás dessa culpa.

Autoestima