PUBLICIDADE

Topo

Violência contra a mulher

Café é acusado de fazer piada com violência doméstica na Nova Zelândia

Da Universa

14/02/2019 11h56

Era para ser uma piadinha de Dia de São Valentim (o Dia dos Namorados no exterior), mas o letreiro de um café na Nova Zelândia recebeu uma série de críticas nas redes por uma frase que provoca o sensível tema da violência doméstica.

Divulgado nas redes sociais por Ana Samways, a lousa diz "No Dia de São Valentim, abra a porta do carro para ela. Depois do Dia de São Valentim, abra o porta-malas para ela":

"Depois de tanto esforço para aumentar a consciência sobre a terrível violência contra mulheres na Nova Zelândia, espanto pelo letreiro sem graça do Eiffel en Eden on Dominion Road, em Auckland", disse.

Outra usuária, identificada como Sarah Trotman, disse que tentou argumentar com o dono do café, que se recusou a apagar a piada do quadro. Ela mesma apagou o "boot" - que dá sentido à piada de mal gosto:

Violência contra a mulher