Topo

Inspira

Ideias para uma vida mais plena


Pessoas religiosas se consideram mais felizes, diz novo estudo

Getty Images
Imagem: Getty Images

Da Universa

06/02/2019 15h05

Frequentar serviços religiosos e participar ativamente de uma congregação é o segredo da felicidade de muita gente pelo mundo.

Um novo estudo do Pew Research Center, sediado nos Estados Unidos, revelou que pessoas mais ligadas às suas crenças se descrevem como "muito felizes" com mais frequência que as que não frequentam uma comunidade religiosa.

Ao todo, foram 26 países pesquisados para determinar se a religião reflete de forma positiva, negativa ou neutra em indicadores de bem-estar, como a percepção de felicidade, assim como critérios de saúde (mais exercícios, menos tabagismo e alcoolismo, índices de depressão) e participação em eventos cívicos, como eleições.

Um gráfico fornecido pela pesquisa revela que o país que demonstra mais ligação entre religião e felicidade é o México, com 71% das pessoas religiosas descritas como "muito felizes". O Brasil aparece em nono lugar, com 38% dos muito ativos em alguma religião também considerados "muito felizes".

Reprodução
Imagem: Reprodução

Inspira