Topo

Sexo

13 benefícios do orgasmo que você nem fazia ideia

iStock
Imagem: iStock

Claudia Dias

Colaboração para Universa

05/02/2019 04h00

Se você acha que o orgasmo, por si só, é o maior dos benefícios que o sexo traz para sua vida ou que, no máximo, dá uma melhorada no humor e na pele, saiba que o reflexo de uma boa transa vai muito além disso. A seguir, listamos 13 vantagens para mostrar que transar faz um bem danado. 

1. Regula o ciclo menstrual

O orgasmo promove aumento da circulação sanguínea nos órgãos da cavidade pélvica, o que resulta em um ciclo menstrual mais regular. Estudos apontam que mulheres que gozam pelo menos uma vez por semana são mais propensas a terem um calendário mais pontual, se comparadas com aquelas que não não fazem sexo ou transam com menor frequência.

2. Ajuda quem quer engravidar

O clímax gera mudanças fisiológicas no sistema imunológico, o que melhora não apenas a resistência do corpo feminino diante de doenças, como faz aumentarem as chances de concepção.

3. Deixa os ossos mais fortes

Dentre os muitos hormônios liberados durante o orgasmo estão o estrogênio e a ocitocina --este último não só aumenta o vínculo entre casais, como também tem uma forte relação com a saúde óssea. Pesquisas mostram que níveis baixos de ocitocina estão associados à osteoporose, ou seja, quanto mais prazer, mais fortes ficam os ossos.

4. Atua como uma drenagem 

Promove uma espécie de "detox" no sistema linfático, movimentando a linfa (fluido que circula nos vasos linfáticos e transporta os glóbulos brancos, responsáveis pela defesa do organismo). O resultado é similar ao proporcionado por uma caminhada intensa de 20 a 30 minutos ou de uma sessão de drenagem.

5. Higieniza o canal vaginal

Um bom orgasmo ajuda no alongamento dos músculos do colo do útero, liberando (e eliminando) mais muco cervical. Isso promove a higienização do canal vaginal, impedindo a penetração de bactérias no útero, ou seja, funciona como uma barreira de proteção natural.

6. Ajuda a solucionar travas

Quando há sentimento envolvido no ato sexual, os parceiros não escondem suas emoções e falam abertamente de suas necessidades. Assim, o orgasmo se torna o ápice de entrega profunda emocional e leva à cura de áreas "travadas".

7. Reduz a ansiedade

Pesquisas apontam que o orgasmo feminino tem efeito terapêutico, ou seja, é capaz de ajudar no tratamento e na redução de ansiedade, além de depressão (em níveis mais leves) e dependências.

8. Melhora a autoconfiança

Desperta e reforça o lado feminino em relação à vida: a mulher se sente poderosa, vê o que pode e consegue fazer, valoriza seu prazer, se sente completa, plena na sua expressão de sexualidade.

9. Gera vínculos para formar família

Quanto mais vezes um casal tem orgasmos juntos, maior o vínculo entre ele, levando à formação de uma família. É que através da sexualidade nos vinculamos à outra pessoa e nos separamos da família de origem. Relações com várias pessoas rendem vínculos fracos, insuficientes para a ruptura familiar. Já quando a experiência é intensa e prazerosa com um único alguém, a conexão forte motiva a separação com as bases.

10. Provoca boas mudanças de hábitos

Se existe uma nova paixão por trás do orgasmo, surge uma sequência de bons hábitos: a pessoa se olha e se cuida mais, dorme melhor, torna-se mais animada, renova o guarda-roupa, descarta o que não é mais útil, dá um trato na imagem, aprende a cozinhar para conquistar o crush, ou seja, se torna alguém melhor.

11. Expande a consciência

É uma potente ferramenta para o equilíbrio energético, proporcionando a expansão da consciência do indivíduo em busca da iluminação. Nos rituais tântricos, a energia da "pequena morte" (do francês "le petite mort", referência ao orgasmo) é canalizada para transformar o prazer corporal em transcendência espiritual.

12. Amplia a capacidade intuitiva

Dentro das práticas de magia sexual, existe o fenômeno chamado de "coma erótico lúcido" ou "erotocomatose". Obtido através da exaustão, gerada a partir da indução ritualística de diversos orgasmos seguidos, esse estado alterado de consciência pode produzir sonhos proféticos e ampliar a intuição.

13. Realiza desejos com propriedades mágicas

Segundo ocultistas, o termo "nova sexualidade" tem a ver com o papel potencializador do sexo para a realização de desejos. Nesse contexto, o orgasmo serve para a criação de "sigilos" e "servidores", que são representações gráficas estilizadas do que se espera realizar. Pela técnica, as imagens são energizadas em rituais para alcançar um objetivo.

Fontes:

Carla Cecarello, sexóloga e consultora do C-date; Carla Geane, sex coach e palestrante da INTT Cosméticos;

João Luiz Vieira, jornalista e sexólogo; Paula De Freitas, coach de relacionamentos, do Polifraseando.com;

Poema Ribeiro, psicoterapeuta e sexóloga; Roberto Debski, médico, psicólogo, coach e facilitador em Constelações Familiares Sistêmicas, da Ser Integral;

Virginia Gaia, sexóloga holística.

Sexo