Topo

Diversidade


Homens líderes de torcida fazem história durante partida do Super Bowl

Quinton Peron, líder de torcida dos Los Angeles Rams - AFP
Quinton Peron, líder de torcida dos Los Angeles Rams Imagem: AFP

Da Universa

04/02/2019 09h15

Entre um batalhão de meninas que levantaram a galera do Los Angeles Rams durante o Super Bowl deste domingo (3), dois homens fizeram história. Os dançarinos Napoleon Jinnies e Quinton Peron foram os primeiros homens a brilhar como líderes de torcida no evento.

Apesar da derrota da equipe para o New England Patriots, o marco é incontestável. Os uniformes são mais discretos e os meninos não contam com pompons, mas desde que estrearam na temporada 2018, têm feito um tremendo sucesso por onde passam.

Nas redes sociais, ambos anteciparam a ansiedade de representar a comunidade LGBT e a luta por mais diversidade dentro e fora de campo.

A equipe já é conhecida por sua participação na comunidade LGBT, seja na inclusão de atletas assumidamente homossexuais, como Michael Sam, ou no patrocínio de eventos, como a paradagay de Venice Beach.