Topo

Diversidade


Conheça Hari Nef, a modelo e atriz transexual da série "You" da Netflix

Reprodução/Instagram
Imagem: Reprodução/Instagram

Da Universa

08/01/2019 16h41

Consolidando-se como uma das séries mais vistas no começo de 2019 no Brasil, "You" ("Você", em português) tem conquistado seu público, seja pelo suspense apresentado ou os curiosos e saudosistas fãs de "Gossip Girl", que se mostraram ansiosos pelo retorno de Penn Badgley, o eterno Dan e agora Joe.

No entanto, além dos protagonistas, quem também está chamando a atenção dos telespectadores é Hari Nef, que interpreta Blythe, colega de classe de Beck, vivida por Elizabeth Lail e vítima do relacionamento abusivo com Joe.

O que poucos sabem é que Hari Nef não é nem um pouco nova no pedaço e já coleciona um currículo extenso no ramo artístico.

A norte-americana, atualmente com 26 anos, foi a primeira modelo transgênero a desfilar para a Gucci, uma das grifes mais poderosas da moda, na Semana de Moda de Milão. Além disso, ela foi a primeira a assinar com a agência IMG, que tem nomes como Gisele Bündchen e Gigi Hadid.

Hari Nef no desfile da Gucci em 2016 - Pietro D'aprano/Getty Images
Hari Nef no desfile da Gucci em 2016
Imagem: Pietro D'aprano/Getty Images

Em 2017, a modelo deu um passo ainda maior na carreira ao ser o primeiro rosto de uma mulher trans da marca L'Oréal.

"No Instagram, eu posso usar a minha imagem da maneira em que me encontrei. Visibilidade não é em si uma coisa sempre boa, mas quando está nas mãos de quem precisa ser visto, pode ser. Sinto que tenho uma responsabilidade, por ser alguém que foi à faculdade, que sabe falar diante do público e que se tornou uma figura pública", contou Hari ao jornal "El Pais".

Visibilidade não é em si uma coisa sempre boa, mas quando está nas mãos de quem precisa ser visto, pode ser

"Mas não gosto nem me inspira. Por outro lado, é uma fonte de muita dor. Na verdade, só quero ser uma pessoa. Quero trabalhar. Quero amar e fazer amigos, ir às compras, passar tempo com minha irmã e ligar para minha mãe para lhe contar como foi meu dia. Aceitei isso, mas gostaria que minha vida fosse diferente", concluiu.