Topo

Mapa da mina


Anna Layza, a youtuber unicórnio, fatura R$ 1,8 milhão por ano com loja

A modelo criou um império de produtos de unicórnio e faz sucesso com seu canal no Youtube - MF Press Global
A modelo criou um império de produtos de unicórnio e faz sucesso com seu canal no Youtube Imagem: MF Press Global

Jacqueline Elise

Da Universa

25/12/2018 04h00

Natural de Belo Horizonte (MG), a youtuber Anna Layza, de 25 anos, fez seu mundo dos sonhos virar realidade: há mais de dez anos, ela se mudou para os Estados Unidos para fazer o ensino médio, trabalhou como modelo e gerente de cafeteria, investiu em um instituto de artes, se mudou duas vezes e se encontrou fazendo vlogs sobre sua vida fora do Brasil, em 2015. No Snapchat, conquistou o público infanto-juvenil apaixonado por sua espontaneidade e, com um ano de canal no YouTube, criou a loja on-line O Unicórnio, na qual vende produtos relacionados à criatura mitológica que virou febre entre crianças e adultos. Hoje, ela fatura R$ 150 mil reais por mês só com os produtos, cerca de R$ 1,8 milhão por ano, e possui dois canais na rede social de vídeos: o Hi Gorgeous, com quase seis milhões de inscritos, e o Anna Layza Kids, com mais de 300 mil inscritos.

Apesar de parecer que tudo ocorreu muito rápido, ela percorreu um caminho longo: ainda na adolescência, ela estudava durante a manhã para, à tarde, trabalhar como gerente de uma loja de cafés e até em pizzaria, no estado de Rhode Island. No meio tempo, Anna Layza também atuou como modelo em ensaios e desfiles. Após terminar o colégio, se mudou para Boston, em Massachusetts, e decidiu ser empreendedora: abriu um instituto de artes com o atual marido, o fotógrafo e cineasta Fernando Mexirica, que funcionou por um ano e meio até eles se mudarem para Windermere, na Flórida, cidade que fica logo atrás do castelo do parque Magic Kingdom, da Disney. Foi aí que ela criou seu universo de fantasia.

Abrindo o canal no YouTube e mudando sua temática

Em 2015, quando foi para Windermere, Anna Layza achou que seria legal criar vídeos em português sobre sua vida fora do Brasil. "O canal surgiu muito do nada! Eu comecei a gravar vídeos porque eu sentia muita falta da carreira de modelo, eu fazia crítica de lugares que eu ia e curtia, com dicas para os meus amigos, e postava no Facebook. Até que eu resolvi postar no YouTube e comecei a atrair um público nesse mundo que eu nem imaginava conhecer", relembra.

Anna Layza concentrou toda sua estética em um mundo de fantasia - Paulo Campos
Anna Layza concentrou toda sua estética em um mundo de fantasia
Imagem: Paulo Campos

Na época em que se mudou, nada estava definido em sua carreira --ela e o marido até pensavam em criar outro instituto de artes, mas o canal passou a ocupar suas vidas. "De dicas, eu comecei a fazer brincadeiras. Quando eu mostrei meu amor por unicórnios e comecei a explorar mais isso, ganhei uma proporção inesperada no YouTube".

Anna Layza conta que o público infantil veio pela rede social Snapchat, que começou a usar quando o Hi Gorgeous tinha 4 meses de vida. "Eu mostrava a minha vida lá e era bem mais extrovertida. Foi quando a galera pediu para eu me soltar mais, como eu fazia no Snapchat, e eu fiz isso! Comecei a gravar vlogs e cada vez mais esse público me escolhia".

No seu mundo, unicórnios existem

Com um ano de canal, em 2016, a vlogger decidiu dar vida a uma paixão de infância: unicórnios. "A ideia de abrir a loja foi dos fãs, na verdade. Eu sempre usei os meus kigurumis, aqueles macacões de unicórnio, para gravar vídeos, e os fãs ficavam perguntando onde eles poderiam comprar as coisas que eu usava. Foi aí que eu pensei na possibilidade de ter uma loja de unicórnios, sereias e coisas mágicas", explica. Com a febre de unicórnios tomando o público, Anna Layza criou a oUnicornio.com.

Hoje, Anna Layza faz sucesso com crianças e adolescentes por sua espontaneidade - MF Press Global
Hoje, Anna Layza faz sucesso com crianças e adolescentes por sua espontaneidade
Imagem: MF Press Global

A paixão pela criatura é tão grande que ela chama seus fãs de "unis", e os produtos que estrearam a loja são vendidos até hoje. "O sucesso da minha loja sempre foram os meus kigurumis, as mochilas holográficas, as pantufas de unicórnio e os fones de ouvido LED de gatinho. Esses são campeões de venda até hoje", relata. Ela aposta que a próxima moda fantasia serão as lantejoulas mágicas: "São lantejoulas coloridas dos dois lados, só que com cores diferentes. Quando você passa a mão, ela troca de lado, mudando a cor ou até revelando algo que forme uma palavra escrita". 

Dedicação aos fãs é o segredo do sucesso

Hoje, com dois canais bem-sucedidos no YouTube e uma loja estabelecida no mercado, Anna Layza garante que foi o resultado de muita dedicação aos vídeos e aos fãs. "Eu lembro que, no início da loja, não tínhamos muitos funcionários, porque não tínhamos certeza da demanda que iríamos ter. Mas, assim que foi ao ar, os acessos foram tão gigantescos e inesperados que até eu fui ajudar na central: eu aproveitava para escrever cartinhas especiais com algum presentinho, tanto que isso virou tradição. Todos os produtos vão com um presente grátis e com uma foto minha autografada", conta.

Em 2018, além dos lucros e do sucesso, ela entrou para o Livro dos Recordes com a live mais longa da história do YouTube: ela instalou câmeras na sua casa, a "Mansão dos Sonhos", e desde o dia 15 de setembro transmite sua rotina. "Eu amo produzir vídeos do meu dia a dia, mostrando tudo o que está acontecendo na minha vida. Acho que o que atrai o meu público é o fato de eu gostar de unicórnios, de eu ser feliz, espontânea, inocente e tão infantil --eu tenho 8 anos de idade mental. E também o fato de eu morar fora do Brasil".