Topo

Casamento


6 sinais indicam: você está pronto para casar

Casal, casal escolhendo a data do casamento, casamento, união, festa - Getty Images
Casal, casal escolhendo a data do casamento, casamento, união, festa Imagem: Getty Images

Carolina Prado e Gabriela Guimarães

Colaboração para UOL

21/09/2017 04h00

Estar pronto para se unir a alguém não tem a ver com a quantidade de dinheiro que tem no banco, com ter uma casa no seu nome ou sentir a intuição de que, agora, “é para ser”. É muito mais sobre estar maduro emocionalmente para enxergar alguns pontos importantes da relação, que colaboram para que o casamento seja bem-sucedido. Veja quais são eles: 

Você conhece e aceita os defeitos do outro

O ditado “ninguém é perfeito” é clichê, mas constantemente lembrado por quem tem um relacionamento amoroso. E ganha ainda mais força quando você divide o mesmo teto com outra pessoa. Colocar os defeitos do outro em perspectiva, para saber se tem a capacidade de lidar com eles, é muito importante antes de se casar. Da mesma forma, é preciso conhecer as próprias falhas e manias. Quando você sabe sobre você, para de projetar no outro um problema que é seu.

Sabe que não é sempre que o outro vai te entender

As pessoas têm limites de compreensão, por conta da forma como foram criadas. O que é totalmente aceitável para um, nem sempre é para o outro. Por isso, é normal se deparar com situações em que o par não consegue compreender como você se sente. Você pode, por exemplo, ter ficado chateado com um comentário que ouviu na empresa e ela achar uma besteira. Melhor desabafar com um amigo e seguir a vida.

Você entendeu que amor é via de mão dupla

Nenhum casamento se sustenta quando uma única pessoa ama e a outra só recebe. Para funcionar, é preciso retribuir carinhos, gentilezas e estar pronto para compartilhar e desenvolver projetos de vida em conjunto. Pode parecer óbvio, mas há quem entre em relacionamentos esperando ser amado o tempo todo, sem muita disposição emocional para fazer o mesmo.

Já notou que não gostam das mesmas coisas e… tudo bem!

Pelo bem da convivência, você tem de abrir mão de algumas coisas e o seu parceiro também. Os acordos valem tanto para o tipo de filme que vão ver no cinema, para a cor da parede da sala, o nome dos filhos, o destino das férias e a escolha do bairro onde vão morar. Quando vocês estão abertos a “abraçar” os gostos do outro, ainda que não batam com os seus, é um bom sinal de que estão preparados para casar.

Antes mesmo de se casarem, já têm planos que se complementam

Falar sobre os planos futuros antes do casamento é um grande indício de que você está preparado para viver uma vida a dois. Claro que os planos podem mudar diante de diferentes circunstâncias, mas é sempre bom ter uma ideia sobre a vontade de ter filhos (e quando), quais as aspirações profissionais de cada um e por aí vai.

Você percebe que será uma administradora

Casamento é menos sobre jantar à luz de velas em plena segunda-feira e mais sobre pagar a conta da internet em dia, juntar dinheiro para o financiamento do imóvel e sobre lidar com vazamento no banheiro, carro enguiçado e o ventilador quebrado. Gerenciar uma casa é como gerenciar um pequeno negócio, será preciso controlar o orçamento, fazer contratações e demissões e manter a equipe motivada – no caso, você e o par.

FONTES: Cliseide Angelini, terapeuta cognitivo comportamental. Letícia de Oliveira, psicóloga comportamental. Lucia Helena de Paiva, psicóloga clínica. Marian Martins, psicóloga clínica.