PUBLICIDADE

Topo

Mães e filhos

Assistir a séries de TV aproxima pais e filhos adolescentes, diz pesquisa

Lorelai e Rory adoravam fazer maratonas juntas em "Gilmore Girls" - Divulgação
Lorelai e Rory adoravam fazer maratonas juntas em "Gilmore Girls" Imagem: Divulgação

do UOL, em São Paulo

09/08/2017 15h52

Briga pelo controle remoto é mesmo coisa do passado! Na era do streaming, assistir a séries — com direito a maratonas inteiras — se tornou mesmo uma experiência compartilhada tão importante que pode aproximar pais e filhos. Pelo menos, é o que aponta a pesquisa mundial da Zeno Research e Insights, encomendada pela Netflix.

96% dos pais que participaram do estudo acreditam que assistir à série favorita dos filhos ajuda a encontrar um assunto, uma ponte, para que conversem mais. 88% deles, aliás, confessaram já ter assistido a mesma série que o filho. No Brasil, 76% dos filhos também concordam que é mais fácil falar sobre um assunto quando têm uma rotina no sofá em comum com os pais.

Outros 73% dos filhos pelo mundo todo dizem que estão interessados em conversar com os seus pais sobre as séries que assistem, o que explica porque, no Brasil, 88% dos pais diz assistir a produções como ArrowPretty Little Liars e Stranger Things.

O levantamento foi realizado entre 16 e 24 de março deste ano e contou com entrevistas de 1.275 pais de adolescentes e outros 1.275 adolescentes entre 13 e 18 anos, espalhados por 7 países: EUA, Canadá, Reino Unido, Austrália, México, Brasil e Itália.

Mães e filhos