PUBLICIDADE

Topo

Beleza

Tatuar a axila é nova moda; pode isso?

A rigor, os riscos para tatuagem na axila são os mesmos que qualquer outra parte do corpo - Reprodução/Instagram/@johnstreettattoo
A rigor, os riscos para tatuagem na axila são os mesmos que qualquer outra parte do corpo Imagem: Reprodução/Instagram/@johnstreettattoo

Adriana Nogueira

Do UOL

20/06/2017 15h02

Com o verão no hemisfério norte, tem ganhado visibilidade –por motivos de braços à mostra —uma nova moda: tatuagens nas axilas. Por meio do Instagram, tatuadores dos Estados Unidos e do Canadá têm compartilhado desenhos feitos para caber exatamente nessa área do corpo.

A polêmica

Há tempos as tatuagens têm avançado sobre novas áreas do corpo, como a cartilagem das orelhas, mas a região embaixo do braço aparenta ser bastante sensível. Em função disso, seria mais delicado tatuá-la? O desenho prejudicaria a capacidade de a pessoa suar?

Pode isso?

Para a dermatologista Caroline Mourão Abdo, especialista pela Associação Médica Brasileira e pela Sociedade Brasileira de Dermatologia, não há impacto algum do ponto de vista da saúde tatuar a axila.

“Há os riscos de fazer uma tatuagem em qualquer parte do corpo: de alergia, de infecção e de formação de queloides”, afirma a médica.

Cuidados extras

Já a dermatologista Flávia Ravelli, chefe do departamento de dermatologia da maternidade Pró Matre, em São Paulo, dedicaria cuidados extras ao optar por um desenho nessa região.

“A axila é quente, úmida e abafada, condições preferidas de micro-organismos causadores de infecção. Ao fazer uma tatuagem nessa área, o ideal é caprichar nos cuidados, lavando com sabonete com pH próximo da pele e usando creme cicatrizante”, diz Flávia.

 

#armpittattoo #tattoo #eastbaytattoo

Uma publicação compartilhada por Evan Naylor (@evanpnaylor)

em

Como ficam os pelinhos?

Segundo as dermatologistas, o uso de desodorante e depilação com lâmina ou cera só devem ser retomados quando a tatuagem estiver completamente cicatrizada. A depilação com laser e a fotodepilação passam a ser desaconselhadas, porque podem destruir o desenho.

E o suor?

Caroline Mourão Abdo afirma que tatuar a axila não prejudicará a saída do suor. Já Flávia Ravelli prefere dizer que, a princípio, não vê prejuízos para a sudorese. “Mas trata-se de um procedimento novo e que a gente desconhece as consequências a longo prazo.”

 

#telaraña #blacktattoos #spiderwebtattoo #armpittattoo

Uma publicação compartilhada por Aldo Falchetti (@krektattoo)

em

Beleza