PUBLICIDADE

Topo

Universa

Mulher vira amiga de porca que viveu 12 anos confinada em jaula minúscula

A ativista Deborah Pearce com a borca Edna, que viveu 12 anos confinada em um espaço mínimo - Reprodução/The Dodo
A ativista Deborah Pearce com a borca Edna, que viveu 12 anos confinada em um espaço mínimo Imagem: Reprodução/The Dodo

Do UOL

27/01/2017 11h34

A porca Edna foi resgata por Deborah Pearce, fundadora da ONG de proteção a animais de fazenda Where Pigs Fly, depois de 12 anos vivendo em uma construção minúscula, em uma propriedade privada na Austrália. Os donos de Edna a faziam dividir o espaço com a irmã, que acabou morrendo de fome e sede, depois que eles se mudaram e as abandonaram.

“Qualquer chuvinha tornava o lugar muito enlameado, por dias. Por causa das condições, Edna ficou com os músculos da perna fracos e era doloroso para ela ficar de pé”, contou Deborah ao site “The Dodo”.

 Após a partida dos donos da fazenda, Edna sobreviveu seis meses graças a bondade de alguns vizinhos do lugar, que a alimentavam. Foram eles que chamaram Debora. O encontro resultou em uma amizade.

a porca edna e deborah pierce - Reprodução/The Dodo - Reprodução/The Dodo
Imagem: Reprodução/The Dodo
“Quando olho nos olhos de Edna, vejo alguém me olhando de volta. Tenho uma ligação estreita. Tem sido uma alegria ser testemunha da transformação dela. Nunca esquecerei”, falou Deborah.

a porca edna e deborah pierce - Reprodução/The Dodo - Reprodução/The Dodo
Imagem: Reprodução/The Dodo

 

Universa