PUBLICIDADE

Topo

Universa

Cantiga de roda inspira desfile português na SP Fashion Week

18/06/2007 16h46

São Paulo, 18 Jun (Lusa) - A estilista portuguesa Anabela Baldaque lançou nesta segunda-feira sua coleção Verão na São Paulo Fashion Week (SPFW), inspirada em uma tradicional cantiga de roda lusa chamada "Giroflé".



"Trata-se de uma canção de paz e de harmonia que me inspirou a desenhar uma coleção mais arrojada, divertida, atrevida. Foi mesmo uma intuição, uma vontade de fazer algo que ainda não tinha feito", disse Anabela à Agência Lusa.



A nova coleção, resultado de cinco meses de trabalho, "joga com o grafismo", por meio de desenhos de bolas, quadrados e flores, sempre "de uma forma muito sedutora ao envolver todo o corpo da mulher".



O ponto de partida da coleção de Anabela Baldaque, pelo segundo ano consecutivo entre os estilistas da semana de moda de São Paulo, além da influência da canção portuguesa, foi a escolha do tecido, a seda italiana "casca de cebola".



"Primeiro escolho o tecido, que é muito importante para uma coleção, é o ponto inicial da criação. Reflete um clima, permitindo aos criadores quase falar através das peças", disse a estilista.



"Moda também é renovação. Apresentar coisas novas para eu própria me surpreender, principalmente em uma semana de São Paulo, que tem uma energia muito positiva, com uma organização simpática e muitos jornalistas estrangeiros", disse.



Para Anabela Baldaque, estar entre os estilistas da semana de moda de São Paulo, uma das mais importantes do mundo, é "quase estar no primeiro lugar de um pódio" e que a sua segunda participação "é sinal de uma forte aposta" no Brasil.



Atualmente, as coleções da estilista estão no Clube Chocolate, empresa controlada pelo grupo português Riopele, com lojas nas zonas mais sofisticados de São Paulo.



As criações de Anabela Baldaque também vão ser apresentadas em uma mostra, até 30 de junho, ao lado de estilistas brasileiros e também do português Miguel Vieira, na rua Oscar Freire, uma região de moda por excelência.



"É mais uma porta que se abre para o meu trabalho. Gostaria muito de abraçar o mercado brasileiro, mas sei que não é fácil, principalmente porque as taxas alfandegárias chegam a duplicar o preço final", afirmou Anabela.



A edição primavera/verão da SPFW, que acontece até terça-feira, em São Paulo, tem como tema principal "As Águas", com o objetivo de abordar questões ambientais e o uso sustentável dos recursos naturais.

Universa