PUBLICIDADE

Topo

Moda

Zigfreda mostra coleção sessentinha com cores vibrantes e pernas à mostra

Looks sessentinhas em cores vibrantes e contrastantes na passarela da Zigfreda - Alexandre Schneider/UOL
Looks sessentinhas em cores vibrantes e contrastantes na passarela da Zigfreda
Imagem: Alexandre Schneider/UOL

CAROLINA VASONE<br>UOL Estilo

15/07/2006 21h15

Decotes quadrados, vestidos em "A" (que abrem na forma da letra mesmo), tubinhos, saias retinhas e secas, tudo curtinho, com estampas levemente psicodélicas, meio art-noveau, tudo isso e mais algumas coisas deram um clima muito anos 60 à coleção da Zigfreda, desfilada neste sábado (15).



A combinação de cores como o roxo e o amarelo fortes, o vermelho e o roxo, os tons de verde (todos vibrantes), o ar mais andrógino conseguido graças ao andar durinho das modelos, equilibradas sobre sapatos de verniz colorido de salto grosso e plataforma altíssima (algumas quase caíram), também conferiram estilo sessentinha à apresentação.



O desfile começou com um vestido curto, cintura lá em cima, com busto em shantung de seda mostarda e saia de algodão cru que descia volumosa e curta. As saias oscilavam entre mais volumosas - caso da vermelha de shantung combinada com blusa sem manga roxa - e retas, sequinhas, como a do vestidinho verde bandeira (também shantung de seda), curto, com manguinha estruturada, durinha.



Os recortes mais quadrados, geométricos, apareceram muito nas partes de cima dos vestidos e blusas. Nas estampas, aviõezinhos no fundo off-white e flores em duas versões, uma mais em verde, outra com roxo, laranja e vermelho. As bolas também apareceram, estilizadas, em vários momentos, como o da estampa vermelha e roxa no fundo off-white.



Além da coleção, o desfile da Zigfreda chamou a atenção por outro curioso atrativo. Sentada na primeira fila da sala, uma mulher de body branco, botas de salto alto e capa, tudo estampado com a bandeira do Brasil, aguarda a apresentação começar como se não estivesse fantasiada. E fazia os fashionistas arregalarem os olhos e se perguntarem: "Quem é essa pessoa?".

Moda