PUBLICIDADE

Topo

Universa

Governo francês protegerá modelos da "apologia à magreza extrema"

27/02/2008 18h24

Paris, 27 fev (EFE).- O Governo francês adotará medidas para proteger as modelos, com a assinatura de uma carta junto aos profissionais do setor da moda e da imagem, e reprimirá a "apologia à magreza extrema", anunciou hoje, em reunião semanal.

O Conselho de Ministros estudou os detalhes de um plano para favorecer a saúde dos jovens, com determinações em diversos âmbitos.

Um dos eixos será a luta contra a anorexia, dentro do qual as autoridades promoverão, em breve, a assinatura de um documento por parte do setor que se baseia na imagem do corpo como instrumento de trabalho e, a este respeito, reforçará a proteção das modelos, principalmente se forem menores de idade.

A inspeção de trabalho será mobilizada com esse objetivo, e haverá medidas para evitar qualquer manifestação que possa ser entendida como apologia à anorexia e à magreza exagerada.

O Gabinete analisou também a adoção de medidas para evitar que os menores possam ter acesso a bebidas alcoólicas e para promover uma alimentação equilibrada, com a criação do Observatório da Qualidade Alimentar.

Os jovens que estiverem em situações familiares difíceis e que os tornem vulneráveis poderão ter acesso a "casas para adolescentes" que serão criadas a partir de 2010 e contarão com o apoio de profissionais de diversas especialidades.

Universa