PUBLICIDADE

Topo

Barack Obama: Se as mulheres governassem todos os países, o mundo seria melhor

"Agora, mulheres, eu só quero que vocês saibam; vocês não são perfeitas, mas posso dizer que são indiscutivelmente melhores do que nós (homens)", disse Obama - EPA
'Agora, mulheres, eu só quero que vocês saibam; vocês não são perfeitas, mas posso dizer que são indiscutivelmente melhores do que nós (homens)', disse Obama Imagem: EPA

Saira Asher - BBC News

16/12/2019 09h22

Se as mulheres governassem todos os países do mundo, haveria uma melhora geral no padrão de vida e nos resultados, afirmou o ex-presidente dos EUA Barack Obama.

Segundo ele, as mulheres não são perfeitas, mas são "indiscutivelmente melhores" que os homens.

As declarações de Obama foram feitas nesta segunda-feira em discurso durante evento privado sobre liderança em Cingapura.

Em sua sua fala, ele destacou ainda que a origem da maioria dos problemas no mundo está em pessoas mais velhas, sobretudo homens, que insistem em se manter no poder.

Obama, que foi presidente dos EUA de 2009 a 2017, afirmou que, enquanto estava no cargo, refletia sobre como seria um mundo governado por mulheres.

"Agora, mulheres, eu só quero que vocês saibam; vocês não são perfeitas, mas posso dizer que são indiscutivelmente melhores do que nós (homens)."

"Tenho certeza absoluta de que, por dois anos, se todas as nações do mundo fossem governadas por mulheres, vocês veriam uma melhoria significativa em todos os aspectos, em quase tudo... padrões de vida e resultados", completou.

Quando perguntado se pensava em voltar à liderança política, ele disse que acreditava em líderes que se afastavam quando chegava a hora.

"Se você olhar para o mundo e para os problemas, geralmente são pessoas mais velhas, sobretudo homens mais velhos, que não saem do caminho", declarou.

"É importante que os líderes políticos tentem se lembrar de que estão lá para fazer um trabalho, mas não estão ali para a vida toda, não estão lá para sustentar a vaidade pessoal ou o próprio poder".

Desde que deixou a Casa Branca, ele e a ex-primeira-dama Michelle Obama estão à frente da Fundação Obama, criada para ajudar na formação de lideranças jovens em todo o mundo.

O casal esteve em Kuala Lumpur, capital da Malásia, na semana passada para um evento da fundação.

Política