Topo

Carreira e finanças

O que fazer (e o que evitar) na hora de pedir um aumento de salário

"Ninguém é demitido por pedir um aumento", diz fundador da rede de contatos profissionais - pixelfit
'Ninguém é demitido por pedir um aumento', diz fundador da rede de contatos profissionais Imagem: pixelfit

Jamie Robertson - Repórter de negócios da BBC News

25/07/2019 08h53

'Ninguém é demitido por pedir um aumento', dizem especialistas, que dão uma série de dicas sobre como se preparar para - ou mesmo escolher - o momento de sentar com o chefe e pedir um reajuste.

Quanto dinheiro vale seu trabalho? Ou melhor, a resposta a essa pergunta é igual à quantia que seu empregador lhe paga?

Se não é, você deveria pedir um aumento e isso significa que você terá negociar com a pessoa que paga seu salário. Este passo é algo que assusta muitas pessoas, mas não deve ser motivo de medo.

"Ninguém é demitido por pedir um aumento", disse Pip Jamieson, fundador da rede de contatos profissionais The Dots. "Pelo contrário: pedir mais dinheiro mostra ambição e que você quer ficar na empresa."

Mas há maneiras certas e erradas de pedir um aumento.

Aqui explicamos algumas coisas que você deve fazer e outras a serem evitadas quando se trata de pedir mais dinheiro pelo trabalho que você faz.

Fazer: uma pesquisa adequada

Visite um site de comparação de salários ou fale com uma agência de empregos ou até mesmo com o departamento de Recursos Humanos da empresa em que você trabalha para descobrir as faixas salariais do seu cargo.

Você precisa de evidências sólidas para apoiar seu aumento: metas de vendas alcançadas, contratos assinados, metas atingidas. Lembre-se: geralmente é surpreendente o pouco que a pessoa que decide seu salário, em especial em empresas grandes, sabe sobre o que você faz.

"Trabalhe com base nisso", diz Dulcie Shepherd Swanston, autora de It's Not Bloody Rocket Science (expressão inglesa que quer dizer algo como "Não é tão difícil") e fundadora da empresa de treinamento empresarial Profitably Engaged. "As qualidades que você precisa ter para obter um aumento são as que você precisa para ser um bom funcionário."

Evitar: exigir mais dinheiro sem justificativa

Tessa Fyson trabalhava no NHS, o serviço nacional de saúde do Reino Unido havia seis meses, quando decidiu pedir mais dinheiro para o seu trabalho.

"Quando eles me perguntaram 'por que deveríamos te dar um aumento salarial?', eu congelei", conta ela. "As reuniões com a gerência me deixam muito nervosa e perdi a capacidade de falar. Me senti ingênua quando me disseram para pensar nas razões e depois voltar."

Jamieson insiste que os funcionários devem ver o pagamento como um contrato comercial (não como um favor) e é por isso que deve ser negociado com seriedade.

Portanto, você não deve dizer que precisa do dinheiro para pagar o aluguel ou comprar bolsas da Prada.

Mas Lou Goodman, diretor de marketing do site Monster de empregos no Reino Unido, Irlanda e Benelux (Bélgica, Holanda e Luxemburgo), reconhece que "sempre vale a pena para uma empresa ser empática com a vida pessoal do funcionário, porque se perde o empregado, pode ter de usar recursos consideráveis para encontrar, recrutar e treinar alguém novo.?"

"Mas, no final, o pagamento deve refletir o desempenho de alguém e o desempenho da própria empresa."

Fazer: escolher o momento ideal

Escolha um horário em que todos estejam de bom humor, por exemplo, após a conclusão (bem-sucedida) de um negócio ou projeto. Descubra quando sua empresa planeja seu orçamento, para ter certeza de que você não está pedindo por algo impossível.

"Você tem que ser inteligente", diz Shepherd. "Fale com seu chefe três ou quatro meses antes da próxima revisão salarial."

Evitar: pedir um aumento muito cedo

Se o seu último aumento de salário foi no ano passado ou se você acabou de começar num novo emprego, você terá que encontrar algumas boas razões para justificar um pedido de aumento tão cedo.

"Muitas pessoas começam num novo emprego e querem um aumento. Isso me deixa perplexo, pois o trabalho foi aceito com essa oferta de salário", diz Charlotte Green, coach de desenvolvimento pessoal em Aprendizado e Treinamento.

"Um aumento salarial recompensa a lealdade e o tempo. O trabalho árduo colherá recompensas financeiras."

Fazer: verificar se você está na faixa salarial correta

Mais e mais empresas estão definindo os salários por posto, reduzindo a possibilidade de negociações salariais individuais.

"É muito útil para os empregadores terem uma estrutura (salarial). Sem ela, e se começarem a pagar salários diferentes a cada funcionário para fazer o mesmo trabalho, a coisa pode ficar feia", explica Swanston.

Evitar: pedir um salário acima de seu cargo

"Você estará sendo ingênuo se pedir acima (de sua faixa)", disse Swanston. "De qualquer forma, é normal que você esteja curioso sobre a sua classificação de pagamento. Pode haver um erro, ou pode haver uma boa razão para você estar em um nível salarial diferente do seu."

No entanto, Goodman diz que, embora as faixas salariais possam limitar o valor que você pode pedir, elas têm vantagens: "É possível se mover dentro de uma faixa de pagamento. Na verdade, é bastante útil, pois fornece uma estrutura para negociações e dá referências."

Fazer: expressar segurança

O site Monster aconselha os funcionários a "se sentarem de frente, ter contato visual com seu chefe".

"A confiança é fundamental nesta conversa, então fale devagar e com um propósito, e use gestos com as mãos para reforçar seus pontos, se este é o seu estilo natural."

Fyson diz que uma das maiores lições que tirou do NHS foi a seguinte: "Olhe com segurança! Todos nós fazemos mais do que a descrição do nosso trabalho nos diz para fazer, mas também é bom querer uma recompensa econômica por isso".

Evitar: se agitar, rir nervosamente ou permitir que seu olhar passeie pela sala ou cobrir a boca enquanto fala

O Monster diz que tudo isso sugere para a pessoa do outro lado da mesa que você está desconfortável ou insegura com o que está pedindo.

Ele também sugere que você tente não preencher todos os silêncios ou se perca em devaneios. Apenas espere por uma resposta e deixe seu chefe entender que você espera uma.

Fazer: pedir um valor concreto

Pode parecer contrário à intuição, mas uma pesquisa da Columbia Business School descobriu que pedir um salário específico e preciso funciona melhor do que um número arredondado.

Os pesquisadores colocaram "negociadores" em cenários como comprar joias ou negociar a venda de um carro usado.

Alguns fizeram ofertas precisas, outros fizeram ofertas arredondadas. Em geral, foi visto que as pessoas que ofereciam uma oferta precisa estavam mais informadas sobre o valor real do item à venda.

Um dos autores dessa pesquisa, de 2013, Malia Mason, disse: "A aplicação prática dessas descobertas, que indica que você é informado e usa um número preciso, pode ser usada em qualquer situação de negociação para sugerir que você fez sua lição de casa. "

Evite: ser ambíguo

"Os negociadores devem lembrar que, neste caso, os zeros realmente não acrescentam nada à mesa de negociações", disse Mason.

Mas tenha em mente que, se você solicitar um aumento de salário de US$ 1.245,25, talvez seja necessário explicar por que esses 245 ou aqueles 0,25.

Fazer: falar sobre o futuro

"Há mais coisas para se falar do que apenas salário", diz Jamieson. "Há outras coisas que afetam sua felicidade no trabalho: flexibilidade, férias, benefícios. Essas são todas coisas sobre as quais você deveria falar."

Tessa Fyson eventualmente conseguiu seu aumento salarial no NHS. Depois de vários anos, ela deu uma guinada na sua trajetória e foi trabalhar com marketing em uma empresa de recrutamento. Mais uma vez ela pediu um aumento salarial e, desta vez, estava mais preparada.

O que seus patrões ofereceram não era o que tinha pedido, mas havia outros benefícios. "Eles ofereceram me dar um pequeno aumento toda vez que atingisse minhas metas trimestrais, e uma promoção."

"Pode não ter sido exatamente o que eu queria, mas o fato de eles tentaram me apoiar significou muito."

Evitar: ceder

"Se eles não quiserem te dar um aumento agora e não acham que você vale isso, pergunte-lhes o que aumentará seu valor e o que você deve fazer. Esse tipo de feedback é muito útil e prepara o terreno para a próxima discussão", diz Shepherd.

E, claro, você pode sempre deixar esse trabalho.

"Quando você está negociando", observa Jamieson, "a ameaça de sair está sempre implícita".

"Você não precisa explicar, e a melhor coisa para você é que se trata de um mercado de vendedores. As melhores empresas ficam com os melhores talentos por meio de ofertas mais atraentes, e assim deve ser."

Carreira e finanças