PUBLICIDADE

Topo

Universa

Nova lei pode exigir licença para uso de saia escocesa masculina

24/06/2007 15h42

Uma nova lei de proteção aos animais que entrou em vigor na Escócia pode obrigar os homens que usam o kilt, a tradicional saia masculina escocesa, a tirar uma licença.

Isso porque o sporran, a bolsa de couro usada em frente à saia, é feita a partir da pele de animais como lontras e texugos, agora protegidos pela nova legislação.

As novas regras se aplicam para qualquer animal morto desde 1994.
Para tirar a licença, a pessoa precisa provar que o animal foi morto de acordo com a lei.

Diferenças legais
As novas regras foram impostas para eliminar diferenças que existiam entre as regras escocesas e as da União Européia.
Além de lontras e texugos, a nova lei também protege veados, gatos selvagens, ouriços, morcegos, linces, toupeiras, focas, baleias, golfinhos e toninhas.

As pessoas que descumprirem a lei estarão sujeitas a multas de até 5 mil libras (cerca de R$ 19,5 mil) e seis meses de prisão.

Universa