PUBLICIDADE

Topo

Diversidade

EUA elege primeira senadora bissexual de sua história

Kyrsten Sinema  - AFP
Kyrsten Sinema Imagem: AFP

da ANSA, em Washington

14/11/2018 08h57

Uma semana após as eleições de meio de mandato nos Estados Unidos, a democrata Kyrsten Sinema foi declarada vencedora da disputa por uma vaga no Senado pelo Arizona, um tradicional feudo republicano.

Bissexual declarada, Sinema recebeu 49,65% dos votos e superou Martha McSally, do Partido Republicano, que teve 48%. Com isso, o Partido Democrata volta a ter um senador pelo Arizona pela primeira vez desde 1994.   

Veja também

Além disso, Sinema é a primeira mulher assumidamente bissexual eleita para a Câmara Alta, confirmando a aposta democrata nas minorias.   

Após ter entrado em crise pela vitória de Donald Trump em 2016, o partido elegeu o primeiro governador gay dos EUA, Jared Polis (Colorado); a congressista mais jovem da história, a latina, negra e socialista Alexandria Ocasio-Cortez, 29 anos; e as primeiras mulheres muçulmanas na Câmara dos Representantes, Rashida Tlaib e Ilhan Omar. 

Diversidade