Topo

Universa

Meryl Streep e Emma Stone estão entre as anfitriãs do Met Gala em 2020

11.fev.2016 - Meryl Streep, presidente do júri internacional, chega ao tapete vermelho durante a abertura do Festival de Berlim. - John Macdougall/AFP
11.fev.2016 - Meryl Streep, presidente do júri internacional, chega ao tapete vermelho durante a abertura do Festival de Berlim. Imagem: John Macdougall/AFP

Em NY

08/11/2019 07h50

A atriz Meryl Streep copresidirá o próximo Met Gala, o evento social do ano em Nova York, programado para 4 de maio de 2020, anunciou ontem o Museu Metropolitano.

A vencedora de três estatuetas do Oscar será anfitriã ao lado de quatro pessoas, incluindo a atriz Emma Stone e o dramaturgo, compositor e ator Lin-Manuel Miranda.

Também comandarão o Baile de Gala o diretor artístico de coleções femininas da Louis Vuitton, Nicolas Ghesquière, e a presidente do "The Costume Institute" do Met - que recebe o baile -, Anna Wintour.

Meryl Streep foi escolhida, assim como os demais anfitriões, por Wintour, que serviu de inspiração para o filme "O Diabo Veste Prada" (2006).

Na produção, Streep interpretou Miranda Priestly, uma personagem intransigente diretamente inspirada em Wintour, chefe de redação da revista Vogue.

O Met Gala permite a cada ano arrecadar boa parte do orçamento do "Costume Institute" do Museu Metropolitano.

A marca Louis Vuitton é sócia do evento, o que explica a indicação de Ghesquière como copresidente.

Emma Stone é uma das embaixadoras da marca.

O baile, assim como a exposição anual que a acompanha, terá como tema a passagem do tempo: "About Time: Fashion and Duration" será o título da mostra sobre a evolução cronológica da moda.

O Met Gala reúne a cada ano um seleto grupo de celebridades americanas, que comparecem com figurinos excêntricos ao evento.

As entradas custam 35.000 dólares cada e são necessários entre 200.000 e 300.000 dólares para reservar uma mesa, segundo o jornal New York Times.

Universa