Topo

Príncipe William e Kate visitam escola para meninas no Paquistão

Kate e William visitam escola no Paquistão - Getty Images
Kate e William visitam escola no Paquistão Imagem: Getty Images

Da AFP em Islamabad

15/10/2019 10h25

O príncipe William e sua esposa Kate Middleton expressaram seu compromisso com a educação das mulheres durante sua visita nesta terça-feira a uma escola para meninas em Islamabad, a primeira etapa de sua viagem pelo Paquistão.

O casal se sentou ao lado das alunas durante uma aula de matemática. Kate usava calça larga e túnica azul, da cor do uniforme das meninas.

"Ambos queriam conversar com as meninas naturalmente, por isso foi muito positivo", disse Khadija Bakhtiar, diretora de uma ONG que promove a educação e participou da reunião.

William e Kate passaram aproximadamente meia hora nessa escola pública, que tem cerca de 1.000 alunos entre o ensino fundamental e o médio.

Eles foram então levados em um comboio muito protegido para as colinas de Islamabad, onde visitaram um edifício de agentes ambientais e depois se encontraram com o primeiro-ministro Imran Khan, amigo da princesa Diana.

No Paquistão, quase 23 milhões de crianças carecem de educação, segundo dados do UNICEF. As meninas são especialmente marginalizadas neste país muçulmano conservador e patriarcal. Menos da metade das mulheres paquistanesas sabia ler e escrever em 2015, enquanto 71% dos homens eram alfabetizados, segundo dados do Ministério das Finanças.

O programa do príncipe William e sua esposa no Paquistão é mantido em segredo. A segurança foi reforçada na primeira visita de um membro da família real britânica desde 2006, quando Charles, o pai de William, foi ao Paquistão acompanhado pela esposa Camila.

Além de Islamabad, o casal real visitará Lahore, a antiga capital do império mongol que governou o sul da Ásia entre os séculos XVI e XIX e com um rico patrimônio arquitetônico e religioso.

Eles também são esperados nas montanhas do norte e perto da fronteira com o Afeganistão, a oeste, de acordo com o embaixador britânico no Paquistão, Thomas Drew.

Direitos da mulher