PUBLICIDADE

Topo

Universa

Os estilistas também sonham em ganhar o Oscar no tapete vermelho

21/02/2008 16h52

HOLLYWOOD, EUA, 21 Fev 2008 (AFP) - "Espelho, espelho meu, quem em Hollywood está mais bela do que eu?".

Não são apenas os atores, diretores e produtores que ficam ansiosos com a chegada do Oscar, mas também os estilistas das estrelas, que cruzam os dedos para ver seus modelitos desfilando pelo tapete vermelho da cerimônia, garantia de boa promoção e negócios melhores ainda.

"Acabo de chegar de Nova York, onde entrei em contato com os estilistas que escolhem os vestidos para o show", disse à AFP Patty Fox, coordenadora de moda da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas, se referindo aos grandes nomes da moda e outros criadores do "glamour" - mais anônimos - que brigam por um espaço em uma capa de revista.

Em um desfile para a imprensa na sede da Academia em Beverly Hills, tanto Fox quando os designers de jóias com diamantes da empresa Martin Katz se recusaram a revelar os nomes das atrizes que usarão suas obras, ou o anel de quatro milhões de dólares que ostenta esse ano o título "do mais caro".

"Agora cada vez mais atrizes têm um estilista que se encarrega de escolher o modelo para elas", explicou Fox sobre a dinâmica que há por atrás dos trajes que cada grande estrela usa no tapete vermelho rumo ao Teatro Kodak, onde o Oscar é entregue.

"Eu entro em contato com os estilistas e discutirmos sobre os modelos e as jóias, as idéias para cada atriz", indicou Fox.

Esse evento dá apenas algumas pistas sobre como transformar, por exemplo, a atriz Ellen Page, de 20 anos, em uma verdadeira 'top-model'.

Esse ano, Fox preparou um desfile 12 dias antes da cerimônia, mostrando imagens de "ícones da moda em Hollywood" como Nicole Kidman, Renée Zellweger e Julia Roberts, as três "viciadas" nas marcas Channel, Carolina Herrera e Valentino, respectivamente.

A idéia é exibir as tendências de modelos e cores - "do vermelho, passando pelo marrom ao laranja" - e chamar atenção para nomes de estilistas que até agora não são tão famosos, como o venezuelano Angle Sánchez e o libanês Ella Zahlan.

O primeiro já conseguiu que, em 2006, Sandra Bullock usasse um chamativo traje de gala azul, além de ter feito seu vestido de noiva.

Os dois eventos colocaram o nome de Angel Sánchez nas revistas de moda e em matérias das revistas especializadas.

São estilistas talentosos, até mesmo famosos em seus países, mas que lutam para entrar nos exclusivos círculos das passarelas de Nova York, Londres ou Paris, e por isso também brigam pela "indicação indireta" ao Oscar.

Outro grande nome da moda atual, Elie Saab, vem de Beirute e começou a ser mundialmente conhecido em 2002, quando Halle Berry venceu o Oscar de Melhor Atriz usando um modelito do estilista.

A atriz venceu inúmeros prêmios de melhor roupa por várias publicações, que elogiaram o modelo usado.

E tão importante como os vestidos são as jóias.

"A tendência desse ano definitivamente são os brincos grandes; talvez também veremos depois de muito tempo colares grandes", revelou à AFP o designer de jóias Neil Lane.

Após exibir as peças, que são emprestadas com fins publicitários, Lane mostra a peça mais aguardada esse ano: um anel de quatro milhões de dólares.

"Posso dizer que é um preço realista, por seus diamantes e pela forma com que foi feito", disse, sem revelar o nome da atriz que irá usá-lo.

Universa