PUBLICIDADE

Topo

Horóscopo mensal - Outubro


Horóscopo mensal - Outubro

Exclusivo para assinantes UOL

Sagitário (22/11 a 21/12)

Por

Por Barbara Abramo

Previsão de novembro: você atravessa a fase de revisão de vida que antecede seu aniversario até 22 de novembro.  No fundo, você está sem muitas certezas, vivendo um período de revisão e reorientação de vida --algo longo, que necessita um mergulho interno, que permita um reposicionamento sobre dúvidas íntimas profundas sobre como tem levado sua vida. Seu regente, Júpiter, retrógrado em Gêmeos desde outubro passado, sinaliza também que deve tomar cuidado para não se pautar sobre informações imprecisas, superficiais e desconectadas, se quiser tomar as melhores atitudes. Outro problema é não se permitir distração demais, uma tendência forte enquanto Júpiter estiver no signo mais multimídia do zodíaco!

Se você esteve se sentindo muito dependente de sócios, parceiros ou cônjuge, prepare-se para uma volta atrás nessa condição. Nada será tão rápido, mas você anda olhando de lado. Essa onda continua até fins de janeiro do ano que vem.

Na segunda semana, com Marte em seu signo, sua intolerância para limitações e frustrações estará altíssima. Cuidado para não brigar na hora errada! Na mesma época, um eclipse solar em Escorpião mostra quais as consequências de não levar em consideração o poder das emoções e dos sentimentos --pode ser uma doença repentina ou algum fato que lhe mostre como não tem controle de tudo, muito menos do que sente. É importante encarar e transmutar mágoas.

Finalmente, em 22 de novembro, o Sol entra em seu signo. Será um período ótimo com mais vitalidade, liberdade, reconhecimento e respeito pela sua individualidade, sem dúvidas. Mas em um tom menor do que no ano passado, por exemplo. Júpiter em Gêmeos fragmenta interesses e dispersa sua força. Você pode comemorar, mas sempre tomando cuidado para avaliar as informações antes de tomar decisões. Entre 5 e 25 de novembro, será preciso mais cuidado com isso.

Na terceira semana também, você conta com uma mudança de posição nos astros que o favorece bastante. Marte entra em Capricórnio, sinal de mais foco em seus valores e busca de soluções consistentes e duráveis.

No fim de novembro, no dia 28, um eclipse lunar neste signo sinaliza uma decisão importante que envolve outra pessoa estratégica em sua vida --pode ser com o cônjuge, um consultor qualquer, o médico, um sócio de trabalho ou um cliente. O bem que virá disto é o esclarecimento de um conflito e provável superação. Em qualquer sentido, saiba que você está nas mãos do outro e que, para recuperar as rédeas de sua vida novamente, terá de rever seu papel nestes relacionamentos.

Saúde

Em novembro, você sentirá o impacto dos conceitos que tem e dos relacionamentos sociais na sua saúde. A mente pode fazer um estrago na sua disposição! Procure cultivar momentos de solidão. Será mais fácil fazer isso depois de 23 de novembro, mas invista em controle mental para ajudar. Rins, garganta e órgãos reprodutores podem estar mais frágeis. Quem tem problemas relacionados ao fígado e pâncreas, regidos por Júpiter, fazem bem em redobrar os cuidados. No entanto, evite checagens médicas, tratamentos e diagnósticos entre 5 e 26 de novembro, período em que Mercúrio, planeta que rege os médicos e remédios, estará em posição desfavorável, indicando confusão e engano.

Amor

Como já dito, enquanto Júpiter estiver em Gêmeos, você está mais do que nunca nas mãos de seu cônjuge e parceiro. E isso pode não ser a melhor solução para seus problemas, uma vez que quem os conhece é apenas você mesmo. Ao levar essa condição em conta, é importante associar ao quadro a falta de sinceridade ou as promessas exageradas --tanto suas quanto do outro. Promessas que mais prejudicam do que contribuem para uma vida a dois saudável, honesta e apoiadora. Mas, sobre isso, não há muito o que fazer, a não ser passar o tempo analisando e juntando observações para tomar decisões mais adiante --em dezembro ou janeiro.

Você pode fazer algo a seu favor: nada de promessas! E não queira promessas do outro também. Claro que isso vale muito mais para os comprometidos do que para os que estão vivendo relações superficiais e passageiras. Mesmo esses devem ficar avisados contra a tendência a prometer demais ou de se deixar levar por palavras. A vida não acontece na mente e você anda muito mental.

Os sagitarianos livres, leves e soltos deveriam permanecer assim --nada de compromissos sérios por enquanto, já que você está mais para uma “metamorfose ambulante”, como diz o refrão do cantor Raul Seixas. Assuma de vez esta fase e curta apenas os momentos e mais nada. Se conseguir, nota dez para você!

Outro cuidado para tomar: nada de se envolver em fofocas, especialmente se houver rancor de alguém que você passou para trás. Mercúrio pode tornar a sua vida amorosa insuportável sem esses pequenos cuidados, entre 5 e 26 de novembro.

A vida em família também anda complicada. Você deu espaço ou direitos demais a alguém ou a um parente. Agora, está caindo em si. Provavelmente, desde o início de outubro passado, está descobrindo a extensão do erro. Agora, tem de ir anotando e analisando tudo para ter elementos consistentes para conversar e colocar um ponto final nisso. Talvez, seu parceiro tenha puxado você mais para perto da família dele, o que lhe tem desagradado pela diferença de valores e conceitos. Ou pode ser que a sua família e seu parceiro estejam decidindo tudo por você, que quer parar com a brincadeira.

No fim de novembro, há uma leve melhora no quadro. Pelo menos a comunicação se faz mais clara e honesta --você estará mais assertivo e disposto a salvaguardar valores. Viajar com os filhos poderá ser uma oportunidade de ouro para esclarecer mal entendidos, curtir ótimos momentos e fortalecer a cumplicidade.

Finanças

Quem trabalha com clientes, tem sócios ou parceiros estará envolvido em múltiplas atividades neste mês. Muita conversa e nada de segurança para tomar um rumo claro. Nas mãos deles, você fica a mercê da desorientação de alguns e da dispersão de outros. É hora de olhar para o passado e avaliar o que foi que aconteceu com sua liberdade e quem são seus pares.

Mercúrio, em posição estrategicamente prejudicial durante a maior parte de novembro, avisa para tomar muito cuidado com notas, cheques e dinheiro devido --você pode ter surpresas chatas no dia 13 ou por volta dele. Se contava com um aporte financeiro de um parceiro de negócios ou sócio, pode esperar por problemas, crise ou adiamento. Se for um cliente, pode haver uma negativa de pagamento ou recusa.

Quem trabalha como empregado está um pouco mais a salvo das vibrações arrevesadas de Júpiter e de Mercúrio. As relações com rivais podem ficar complicadas e nebulosas entre 3 a 8 de novembro, por exemplo. Desconfie de informações dadas e, se der alguma informação, seja bastante preciso e consistente, não passe adiante comentários ou fofocas sobre outras pessoas --especialmente pela internet--, porque o efeito negativo cairá sobre você em primeiro lugar.

Tenha cuidado para não ser envolvido em alguma jogada esquisita no trabalho. Por volta de 13 de novembro, você corre o risco de receber todo o peso do erro de muitos.

Na primeira parte do mês, você está aflito, impetuoso, querendo abrir caminhos custe o que custar e fazendo valer a sua vontade de ser mais livre e reconhecido, mas os astros não ajudarão muito! Você pode ter a sensação esquisita de estar falando sozinho de vez em quando.

A partir da terceira semana, Marte entra em Capricórnio, Vênus entra em Escorpião e o Sol passa para Sagitário. Você ganha em foco mais preciso, mas terá de cuidar para não torrar dinheiro só para provar que é dono do seu nariz. Empregados e subalternos traiçoeiros estarão bastante ativos, mas no fim de novembro, se você os colocar na parede, descobrirá algo. Mais uma vez, as mídias --celular, internet e e-mail-- terão papel importante neste caso.

Procure não gastar dinheiro sem pensar! Cuidado com documentos, papéis e comprovantes importantes que provam entrada e saída de valores financeiros. Se você os perder, a dívida corre o risco de cair sobre você.


Horóscopo