Você e o mozão dão match? Titi Vidal conta como descobrir com a astrologia

Quem nunca se pegou lendo o signo da pessoa amada ou buscando saber se, afinal, os astros também dão match?

É necessário entender que existem muitos fatores que fazem, ou não, duas pessoas combinarem astrologicamente, mas isso não abstrai a nossa responsabilidade em ajudar as coisas a darem certo.

Na astrologia, temos a sinastria, que é o estudo de dois ou mais mapas em que percebemos as interações entre eles. Analisamos quais pontos são mais estimulantes, quais são mais desafiadores e como ambos se conectam nas atividades sexuais.

Com base nisso, vamos ajustando e os envolvidos conseguem ter consciência sobre os pontos que devem ser aproveitados ou precisam ser desenvolvidos para existir mais harmonia nos encontros.

Com outros ingredientes, que eu explico a seguir, conseguimos navegar pelos nossos relacionamentos, entendendo que, mesmo entre muitas diferenças, existe o que nos complementa e soma.

Planetas

Sol e Lua são fundamentais para entendermos a nossa essência, o que nos nutre, como nos sentimos seguros, como construímos nossos vínculos e onde estão nossos pontos de inseguranças.

Vênus e Marte caminham trazendo os desejos, os valores de cada um, a forma que interagem sexualmente, o que desperta a libido e a sede de conquista.

Mercúrio segue também como um planeta fundamental, visto que, por meio dele, dialogamos, trocamos e entendemos.

Continua após a publicidade

Casas astrológicas

Além desses pontos, temos as casas astrológicas. Algumas, inclusive, são bem focadas nesses assuntos; como as casas 5, 6, 7 e 8.

Elementos

Os elementos são bem importantes nessas combinações. Veja:

Para os signos de fogo

Para Áries, Leão e Sagitário as paixões são mais ardentes, urgentes e com boas doses de aventura.

Continua após a publicidade

Precisam de entusiasmo e sempre trazem uma novidade para a relação. Há muita ação, dinamismo e energia se manifestando na vida afetiva e na expressão sexual.

Para os signos de terra

Touro, Virgem e Capricórnio são mais pés no chão. Apesar de serem super sensuais e prezar pelo contato, as coisas fluem melhor na intimidade, sem muito alarde.

Precisam de estabilidade, da certeza de que podem contar com a outra pessoa e até mesmo de planos para enxergarem como serão as coisas a longo prazo.

Para os signos de ar

Por sua vez, Gêmeos, Libra e Aquário são os signos das relações, interações e trocas. Para eles, a conexão de ideias e os bons papos são parte fundamental.

Continua após a publicidade

São signos que gostam de falar e ouvir. Os ideais precisam estar alinhados para a relação caminhar bem. Investir em passeios culturais, estudos e viagens juntos é tudo de bom.

Para os signos de água

Sentir é fundamental, e tudo é movimentado de forma intensa e profunda. Em alguns casos, acabam se misturando até demais com o par, criando quase que uma relação simbiótica.

O afeto e a sexualidade se expressam de forma sensível, terna, carinhosa e há grande influência dos sentimentos sobre o comportamento.

Visão aprofundada

É importante entender que os movimentos dos astros vão conversando com os nossos mapas e de nossos parceiros ao longo da vida. Com isso, podemos observar momentos de grandes mudanças na vida amorosa e na sexualidade. Alguns exemplos são os trânsitos de Urano, Netuno e Plutão sobre Vênus e Marte; ou sobre as casas 5 e 8.

Continua após a publicidade

São momentos em que despertamos para novas possibilidades afetivas e sexuais que podemos nos surpreender com o tipo de atitude que passamos a ter e com as pessoas que chegam em nossas vidas.

Inclusive, esse é um assunto que vale sempre ser abordado em uma consulta astrológica para entender de forma profunda, alinhando o que cada um está vivendo no momento e o que esperar do futuro.

Deixe seu comentário

Só para assinantes